Anterior1 de 4Próximo

Poucos dias antes do Natal, uma visita a Famalicão para ver o emblema maior do concelho nortenho enfrentar os “Bês” do SL Benfica teve certamente um efeito desintoxicador próprio do bom futebol. Habituados que estamos ao jogo excessivamente fechado da Primeira Liga, o segundo escalão do futebol nacional continua a ser uma lufada de ar fresco e a proporcionar jogos de qualidade.

A partida começou com os encarnados por cima e uma boa mancha de Defendi a impedir o golo madrugador. O Famalicão respondeu com um remate muito por alto após excelente cruzamento de David Luiz, mas rapidamente o Benfica voltaria assumir o controlo, com Nuno Santos a aparecer sozinho e só ser parado por um excelente Defendi, que voltaria a brilhar no canto na sequência.

Defendi voltaria a estar em destaque por muitas mais vezes, impedindo os visitantes de aproveitar os espaços criados na defesa famalicense para chegar à vantagem. Do outro lado do campo, não se conseguia acertar com a baliza e os remates teimavam em sair demasiado altos. Assim, apesar dos esforços de parte a parte, chegou-se ao intervalo ainda a zeros.

Famalicão não teve grandes momentos para celebrar
Fonte: FC Famalicão

O segundo tempo viu os da casa equilibrarem o controlo do jogo, mas as primeiras oportunidades continuaram a pertencer ao Benfica. Primeiro, uma jogada individual de Willock só foi parada já dentro de área. Depois, desperdiçou-se uma situação na área famalicense por uma simulação a tentar cavar a grande penalidade.

O Famalicão cresceria na partida e esteve perto do golo por três vezes, mas dois foras-de-jogo e uma excelente intervenção do guardião encarnado mantiveram tudo igual. Na parte final, com o jogo partido, o Benfica também esteve perto do golo, mas Defendi voltou a mostrar-se inultrapassável. 

FC Famalicão: Defendi; Monteiro, Ângelo, Ricardo, David Luis; Ciss, Fabinho (Filipe Oliveira 68’), Hocko; Fabrício, Walterson (Anderson 85’), Willian (Sylla 75’)

SL Benfica B: Ivan; Alex Pinto (Nuno Tavares 45’), Kalaica, Ferreira, Amaral; Keaton PArks, Florentino, Nuno Santos (Dantas 76’), Willock; Saponjic (José Gomes 68’), Filipe

Anterior1 de 4Próximo

Comentários