Situado no extremo nordeste do distrito de Aveiro, o concelho de Arouca abrange uma área de 329,11 km². A sua sede, a vila de Arouca, possui uma população estimada de 3000 habitantes e alberga, desde o ano de 1952, o FC Arouca, emblema que ao longo da última década alcançou uma dimensão nacional.

Os arouquenses ascenderam, num espaço de seis anos, ao mais alto patamar do futebol luso: do Campeonato da Primeira Divisão da Associação de Futebol de Aveiro para a Segunda Liga – num percurso efetuado em três anos – e, daí, para a Primeira Liga, feito logrado três anos depois, em 2013, sob o comando do incontornável Vítor Oliveira.

Ora, se é verdade que o crescimento do clube se processou de forma algo rápida, também num curto período de tempo o cenário se transfigurou.

Se, por esta altura, na temporada de 2015/2016, o FC Arouca era oitavo classificado da Primeira Liga e encaminhava-se para a melhor época da sua história (quinto lugar e, consequente, acesso à Liga Europa), três anos passaram, e o clube encontra-se em zona de despromoção na Segunda Liga – é penúltimo classificado –, em igualdade pontual (12 pontos) com a UD Oliveirense, formação do concelho vizinho de Oliveira de Azeméis, que tem mais um jogo realizado.

A formação arouquense anseia pela sua permanência na Segunda Liga e, assim, garantir o seu lugar ao sol
Fonte: FC Arouca

FC Arouca com um plantel com capacidade para fazer (muito) melhor!

Não obstante o facto de o rendimento apresentado pela equipa arouquense não ser o melhor, a verdade é que o plantel ao dispor de Quim Machado possui alguns elementos de qualidade e é, à data da escrita do artigo, o quinto mais caro da prova, sendo apenas superado pelos de três equipas B (FC Porto, SL Benfica e SC Braga), GD Estoril Praia e FC Paços de Ferreira.

Além disso, a reabertura do mercado trouxe, até agora, alguns reforços experientes, de entre os quais se pode destacar o regresso de Igor Stefanović, guarda-redes sérvio que já deu mostras da sua qualidade no nosso país.

Assim, e pese embora o ano não ter começado da melhor maneira para a turma de Quim Machado, a qualidade existente deixa antever algumas garantias quanto à possibilidade de o FC Arouca se manter nos escalões profissionais.

LÊ MAIS: O Arouca Europeu

Foto de Capa: PF / FC Arouca

 

Comentários