Cabeçalho Futebol Nacional

Apresentado no dia 11 de outubro como o sucessor de Erwin Sánchez, Miguel Leal assumiu o comando técnico do Boavista e propôs-se, de imediato, a atingir o objetivo primário para a temporada 2016/2017: a manutenção.

As panteras ocupam presentemente a oitava posição da Liga NOS, com 13 pontos, e mantêm-se vivas na Taça de Portugal, competição que venceram por cinco ocasiões. O saldo atual da formação axadrezada é francamente positivo, contando com uma vitória frente ao Rio Ave, dois empates com Marítimo e Estoril e uma vitória diante da U. Leiria a contar para a 3ª eliminatória da Taça de Portugal. A estes números juntam-se ainda quatro golos apontados e dois sofridos.

O antigo treinador do Moreirense diagnosticou prontamente as debilidades e as potencialidades da sua equipa, apesar de o esquema tático implementado desde o início do campeonato por Sánchez, o 4-2-3-1, permanecer inalterado. O 11 base também não sofreu qualquer tipo de alterações, à exceção de Edu Machado, que assumiu a titularidade após a lesão de Tiago Mesquita contraída na Madeira.

Com pouco mais de um mês de trabalho, os orientandos de Miguel Leal ainda se encontram num processo de interiorização de um modelo de jogo distinto. Ainda assim, corrigiram cirurgicamente algumas das suas fragilidades defensivas através de um bloco mais coeso potenciado por movimentações inteligentes de Idris e de Carraça e por uma maior entreajuda, com os extremos Renato Santos e Iuri Medeiros a desempenharem funções recuadas em momentos de exposição a contra-ataques.

A aplicação da pressão alta na primeira fase de construção dos adversários, obrigando-os a decisões precipitadas, e a preferência por uma maior assertividade e segurança nos momentos de posse de bola em detrimento da verticalidade demonstrada noutros encontros são outras das pegadas deixadas pelo técnico natural de Marco de Canavezes.

De mãos dadas com a massa adepta do Bessa, Miguel Leal terá futuramente dois encontros que colocarão à prova a sua invencibilidade, ao defrontar primeiramente o Vitória de Guimarães na 4ª eliminatória da Taça de Portugal (dia 20 de novembro) e o Sporting na Jornada 11 da Liga NOS (dia 26 de novembro).

 

Foto de capa: Boavista FC

Comentários