Afastado dos relvados desde o dia nove de março – ou seja, sete meses – o médio, André André, tinha parado para ser operado a ambos os tendões de aquiles para impedir as dores que o jogador sentia, diariamente, há algum tempo. Estima-se que após esta paragem para jogos relativos à seleção, Ivo Vieira volte a contar com o médio nas suas contas.

A verdadeira questão é: será que o Mestre André André, assim conhecido e adorado pelos vitorianos que se lembram das suas proezas com o rei ao peito, tem lugar neste plantel do Vitória SC?

De relembrar que Ivo Vieira já conta com diversas opções para a posição em que o médio de 30 anos atua, nomeadamente Denis Poha, Lucas Evangelista, Pêpê, André Almeida e João Carlos Teixeira. Algumas destas opções já apresentam uma utilização baixa, nomeadamente André Almeida e João Carlos Teixeira devido ao basto número de opções que o técnico português tem a seu dispor.

Embora André André tenha demonstrado uma enorme fome de bola (e também de golos), após a maior paragem de sempre na sua carreira futebolística será tudo uma questão de tempo para ganhar ritmo de jogo e condição física? Ou, estará o Mestre André André ultrapassado para Ivo Vieira?

O regresso do médio dá-se numa parte importante da época com a Liga a regressar, a Taça de Portugal, a Taça da Liga e a Liga Europa, resta aguardar para ver as novidades que o médio português irá trazer à equipa do berço.

Foto de Capa: Vitória SC

Artigo revisto por Joana Mendes

Comentários