O Braga de Abel Ferreira passa por uma temporada complicada, estando praticamente arredado da luta pelo título- o grande sonho de António Salvador – além de múltiplas derrotas contra os adversários diretos para o campeonato, falhou a chegada à final da Taça de Portugal e da Taça da Liga, além de uma participação paupérrima na Liga Europa.

Numa temporada em que os bracarenses voltam a ficar longe de vencer qualquer troféu e arriscam a não chegar ao pódio da Primeira Liga, várias decisões são questionadas à direção e equipa técnica do SC Braga, mas a mais estranha é mesmo o afastamento de Fábio Martins das escolhas de Abel Ferreira.

O extremo de 25 anos veio de uma temporada a bom nível nos arsenalistas, com cinco golos marcados em 27 jogos para o campeonato, sendo um desequilibrador importante quer a jogar de início, quer a sair do banco, prevendo-se uma temporada 2018/19 com Fábio Martins em destaque.

Fábio Martins tem sido completamente ignorado por Abel Ferreira, ainda não tendo jogado em 2019
Fonte: SC Braga

Porém, as oportunidades esta época mal apareceram, com presenças pontuais na equipa principal e apenas com dois jogos em que foi titular para o campeonato, além de ter jogado pela última vez em meados de dezembro e não sendo convocado para um jogo oficial desde janeiro.

Para tornar este afastamento de Fábio Martins ainda mais incompreensível, surgiram rumores no mercado de inverno de tentativas por parte do GD Chaves num regresso do extremo a Trás-os-Montes mas, após várias investidas, o negócio acabou por não acontecer. Assim o jogador ficou no Minho para treinar e não jogar, independentemente da performance dos colegas de equipa.

Fábio Martins provou, aquando do empréstimo ao Chaves, que é um jogador extremamente talentoso e de Primeira Liga e na temporada passada mostrou ter pedalada para uma equipa como o SC Braga. Hipotecar um talento como Fábio Martins pode muito bem ser uma das causas para a época aquém das expetativas dos arsenalistas.

Foto de Capa: SC Braga

Comentários