5.

Fonte: Diogo Cardoso/Bola na Rede

Gonçalo Guedes – O avançado formado no Seixal estreou-se pela equipa principal na época 14/15, assumindo um papel relevante na equipa sob as ordens de Rui Vitória. Apesar de nunca ter sido titular indiscutível, Gonçalo Guedes levou os responsáveis do PSG a pagar 30 milhões de euros pelos seus serviços em Janeiro de 2017.

O PSG era um dos clubes que mais dinheiro gastou na contratação de jogadores nos últimos anos. No entanto, com a chegada de Patrick Kluivert para ocupar o cargo de Director Desportivo, o clube parecia virar-se mais para a aposta na juventude, contratando ainda nessa janela de transferências o argentino Giovani Lo Celso.

Porém, o antigo internacional holandês deixaria o clube no Verão seguinte e com as contratações de Neymar e Mbappé, Gonçalo Guedes ficou completamente tapado no clube, sendo emprestado ao Valencia CF. No clube Ché, o internacional português conseguiu relançar a carreira, levando os responsáveis do clube a pagar a cláusula de opção de compra, fixa em 40 milhões de euros.