Anterior1 de 2Próximo

Cabeçalho Futebol NacionalVeio a público esta semana um estudo realizado por uma equipa de cientistas da Universidade de Coimbra que concluiu que as reações de um cérebro de um adepto de futebol são semelhantes quando confrontado com situações de futebol e de amor. Finalmente!

Até que enfim podemos agora justificar perante os nossos cônjuges que aquele amor que invocamos todos os fins-de-semana para faltar a uma série de compromissos, é um amor cientificamente comprovado.

Fonte: Boavista FC
Fonte: Boavista FC

Ganha mais sentido que nunca a seguinte frase, quando associada ao nosso clube:

“Prometo estar contigo na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, amando-te, respeitando-te e sendo-te fiel em todos os dias de minha vida, até que a morte nos separe.”

Ámen.

Mas será mesmo assim? Será que a grande generalidade dos adeptos portugueses apoia o seu clube nas alturas mais difíceis, quando o esférico insiste em bater no poste e separar a sua equipa ainda mais dos seus objetivos?

Todos sabemos que não.

Foto de Capa: Boavista FC

Anterior1 de 2Próximo

Comentários