A posição desconfortável de ser a pior equipa do campeonato a jogar em casa pertence neste momento ao CD Tondela, embora os beirões ainda tenham uma última oportunidade de passar o testemunho ao seu concorrente mais próximo, o CD Aves.

Ambas as formações têm mais uma partida caseira até ao término da Liga e logo contra dois adversários do topo da tabela, pelo que se adivinham tarefas bastante complexas. Na próxima jornada, os avenses recebem o SL Benfica e os tondelenses recebem o SC Braga, onde só a vitória interessa aos auriverdes para evitarem inscrever o seu nome nesta ‘lista negra’ da pior equipa a atuar no seu recinto.

O destino parece estar já traçado e nem o triunfo pode ser suficiente caso o CD Aves pontue, sendo que os 11 escassos pontos amealhados até ao momento no João Cardoso ameaçam igualar o pior registo da década. A equipa tem-se comportado bastante melhor fora de portas, mas este nem é um cenário inédito, uma vez que parece ser uma imagem de marca dos beirões desde que subiram à Primeira Liga. Desde a época de estreia no primeiro escalão, a formação beirã já inscreveu o nome nesta lista indesejada por duas vezes e prepara-se para fazê-lo pela terceira vez, num total de cinco épocas.

Fonte: Diogo Cardoso / Bola na Rede

A verdade é que a manutenção tem sido garantida muitas vezes com sofrimento e o atual exercício segue o mesmo caminho, ainda que falte confirmar o destino final. Caso percam a próxima partida frente aos Guerreiros do Minho, serão a equipa com pior registo caseiro dos últimos seis anos, ou seja, desde que o campeonato alargou para 18 equipas.

Anúncio Publicitário

Mas esta ‘batata quente’ já pertenceu a outras freguesias e se fizermos um périplo pela última década notamos que o mínimo de triunfos alcançados em casa foram apenas dois, dando isto direito à imediata inclusão no top das piores equipas a atuar perante os seus adeptos.

Comentários