Os 5 melhores golos da temporada do FC Porto

    Após algumas semanas do fim das competições nacionais é altura de analisarmos aquele que é o melhor momento de um jogo de futebol, o golo, algo que o FC Porto fez com frequência durante a temporada transata.

    Numa época onde os dragões, uma vez mais, ultrapassaram a marca dos 100 golos, com 124 tentos apontados em todas as competições, sendo este o segundo maior registo da “era” Sérgio Conceição ao leme da equipa da cidade invicta, há que assinalar que, apesar da irregularidade, o vice-campeão nacional conseguiu demonstrar uma faceta ofensiva bastante interessante.

    De recordar que, este top-5 é, apenas e só, a minha opinião, tendo em conta o contexto dos jogos em questão, a própria qualidade dos golos e a importância histórica do confronto.

    5.

    Eustáquio vs Boavista FC – Num dos dérbis mais impactantes do futebol português e da região Norte, o FC Porto deslocou-se ao Estádio do Bessa XXI, na 13.ª jornada. Com a difícil missão de enfrentar um Boavista que não estava a fazer, de todo, uma má primeira volta, demonstrando ser uma equipa competitiva e com jogadores muito interessantes. Apesar disso, os dragões não tremeram e aumentaram uma sequência impressionante de dez jogos sem perder na casa dos axadrezados.

    Num resultado que terminou em 1-4 para o FC Porto, foi à passagem do minuto 64 que ocorreu aquele que foi o melhor momento da noite, após uma jogada e finalização de requinte dos azuis brancos. Com a vantagem já adquirida, os visitantes queriam dilatar o resultado para assegurarem a vitória. Foi nesse momento que apareceram os três jogadores mais influentes, naquela altura, no plantel, Otávio, Taremi e Eustáquio que protagonizaram este grande momento no futebol.

    4.

    Taremi vs SL Benfica – À chegada para o maior clássico português, o FC Porto estava a sete pontos do agora, campeão nacional, SL Benfica e precisava urgentemente de diminuir esta vantagem pontual dos encarnados. Dito e feito, os azuis e brancos chegaram ao Estádio da Luz e fizeram aquela que foi a melhor exibição da temporada num “banho” tático praticado pelos jogadores dos dragões e explorado por Sérgio Conceição.

    Tendo em conta o contexto histórico do jogo, seria necessário que uma das estrelas do plantel portista, aparece-se. E claro que não podia deixar de ser, Mehdi Taremi. O iraniano fez o segundo golo da vitória dos dragões num remate cheio de intenção ao canto inferior direito da baliza de Odisseas Vlachodimos.

    3.

    Pepê vs SC Braga – Depois de uma derrota assustadora, em casa, para a Liga dos Campeões frente ao Club Brugge KV e um empate em Estoril, o FC Porto recebia o SC Braga que vinha de resultados bastantes positivos e numa forma muito melhor que a dos dragões. No contexto complicado, vivido na altura, os jogadores orientados por Sérgio Conceição venceram e convenceram perante os bracarenses. O resultado foi de 4-1, fora as ameaças.

    Numa das goleadas da temporada, surgiu esta obra de arte de assistência de Mehdi Taremi, ele que além de um goleador é também um excelente garçon e este golo apontado por Pepê, comprova isso mesmo.

    2.

    Zaidu vs Bayer 04 Leverkusen – Apesar das principais características dos dragões ser a capacidade de atacar a profundidade, ter um futebol pressionante como forma de roubar o esférico mais perto da baliza adversária e a agressividade no último terço, foi na Champions League que mostraram uma faceta que, por vezes, é esquecida por parte do “comum” adepto do futebol.

    Neste que era o quarto jogo da fase de grupos da Liga dos Campeões, perante o Bayer Leverkusen, o FC Porto protagonizou uma das melhores jogadas coletivas da liga milionária. Saltando várias fases de pressão dos germânicos, os jogadores dos azuis e brancos demonstraram toda a qualidade com a bola nos pés. Podia elaborar muito mais, mas uma “imagem” vale mais que mil palavras. Um hino ao futebol.

    1.

    Otávio vs FC Famalicão – Um dos melhores golos da temporada portuguesa aconteceu numa meia-final da taça de Portugal entre o FC Porto e o FC Famalicão. Um duelo que foi muito complicado para a formação de Sérgio Conceição, mas que o médio dos dragões, Otávio, não se acanhou e mostrou o porquê de ser um dos principais jogadores do futebol nacional.

    Um remate potente, não dando nenhum tipo de hipótese de defesa para Luiz Júnior e que colocou os azuis e brancos em mais uma final da prova rainha. Competição que viriam a conquistar pelo segundo ano consecutivo.

    - Advertisement -

    Subscreve!

    PUB

    spot_img

    Artigos Populares

    Miguel Costa
    Miguel Costa
    Licenciado em Jornalismo e Comunicação, o Miguel é um apaixonado por desporto, algo que sempre esteve ligado à sua vida. Natural de Santiago do Cacém, o jornalismo desportivo é o seu grande objetivo. Tem sempre uma opinião na “ponta da língua”, nunca esquecendo a verdade desportiva. Escreve com acordo ortográfico.