fc porto cabeçalho

Gonçalo Paciência partiu para a Alemanha nesta que é a primeira aventura fora de Portugal sem estar vinculado ao FC Porto. O jogador foi transferido por uma verba de três milhões para o Eintracht Frankfurt Fußball A.G., o mais recente vencedor da Taça da Alemanha. Desde 2003/2004 ligado aos “azuis e brancos”, o filho de peixe que sabe nadar nunca conseguiu afirmar-se totalmente de dragão ao peito.

Após a sua primeira época na equipa principal, em 2014/2015, foram quatro os clubes em que Gonçalo jogou a título de empréstimo! Em 2015/2016 vestiu as cores da Associação Académica de Coimbra, onde marcou 4 golos em 30 jogos. No arranque da época 2016/2017 jogou no Olympiacos FC, da Grécia, realizando apenas uma só partida e voltou a Portugal em janeiro para ingressar no Rio Ave FC, fazendo apenas um golo em 15 jogos.

A sua melhor marca a nível profissional foi na temporada em que regressou a casa. No início da época 2017/2018, Gonçalo Paciência não contava para Sérgio Conceição e a direção decidiu transferi-lo a título de empréstimo, desta vez para o Vitória FC (Vitória de Setúbal). Em seis meses fez 25 jogos e marcou 11 golos, um deles frente ao Sporting CP na final da Taça CTT. As boas exibições de Gonçalo não passaram despercebidas a Sérgio Conceição que viu no jogador uma boa solução para a frente de ataque portista. O filho de Domingos Paciência regressou finalmente a “casa”, no entanto, em 12 jogos não conseguiu marcar qualquer golo, pois fez apenas dois jogos como titular.

Gonçalo Paciência conquistou o 28º campeonato pelo FC Porto na última época
Fonte: FC Porto

Apesar de ter poucos minutos e poucos golos somados no FC Porto, Gonçalo não esconde que conseguiu realizar o seu maior sonho – ser campeão nacional no clube do coração. O atleta afirma estar eternamente grato por tudo aquilo que fizeram por ele e revela que a sua partida para a Alemanha não é uma despedida, uma vez que o clube fará sempre parte dele. Apesar de nunca ter sido uma estrela, esta é uma das razões para Gonçalo Paciência ser estimado pelos adeptos portistas. A sua dedicação ao clube, o seu envolvimento com o “mundo” portista e o talento de Gonçalo, que lhe deve ser reconhecido, valem muito mais que três milhões de euros e com certeza que as imagens de Paciência a festejar efusivamente a conquista do campeonato vão deixar saudades.

A transferência de Gonçalo para a Alemanha causa alguma indignação por parte dos adeptos do FC Porto, uma vez que, como já referido, era um jogador da formação e que honrava o emblema que trazia ao peito, jogava nas camadas jovens da seleção portuguesa com bastante regularidade e para muitos o montante da transferência não faz jus ao valor do jogador. Mas os adeptos não foram os únicos a ficarem indignados, também Sérgio Conceição ficou descontente com a SAD do FC Porto, pois segundo a imprensa portuguesa, Gonçalo Paciência foi vendido sem o conhecimento do mesmo.

Apesar de tudo o que poderá estar envolto desta transferência, resta-nos agradecer por tudo o que Gonçalo fez pelo clube e desejar-lhe o maior dos sucessos na sua carreira. Boa sorte, campeão!

Foto de Capa: Eintracht Frankfurt Fußball A.G

Artigo revisto por: Jorge Neves

Comentários