SITE TEMPORÁRIO

19 de Janeiro, 2022

Afinal o Coração é Vermelho ou Azul e Branco?

Em 2008/09, o compatriota de Maxi, Cristian Rodríguez, fez a mesma mudança de Lisboa para a cidade Invicta. Os precursores desta troca direta das “Águias” para os “Dragões” foram José Bastos e Artur Augusto. Seguiram-se Abel Miglietti, Rui Águas, Dito, Kulkov e Yuran. Mais recentemente foram Maniche, Jankauskas, Sokota e, como já referi, Cristian Rodríguez e Maxi a rumar a Norte.

SL Benfica -> FC Porto

Alguns dos nomes a trocar SL Benfica por FC Porto (Maniche, Sokota, Cristian Rodríguez e Maxi Pereira) Fonte: Relvado
Alguns dos nomes a trocar SL Benfica por FC Porto
(Maniche, Sokota, Cristian Rodríguez e Maxi Pereira)
Fonte: Relvado

No sentido inverso, Rui Águas, Paulo Pereira, João Manuel Pinto, Peixe, Drulovic e Miklós Fehér rumaram a Sul para defender a cor dos encarnados.

FC Porto -> SL Benfica

Alguns dos nomes a trocar FC Porto por SL Benfica (João Manuel Pinto, Peixe, Drulovic e Miklós Fehér) Fonte: Relvado
Alguns dos nomes a trocar FC Porto por SL Benfica
(João Manuel Pinto, Peixe, Drulovic e Miklós Fehér)
Fonte: Relvado

Como é possível comprovar são vários os nomes do passado a trocar os respetivos clubes por emblemas rivais, e é este um dos motivos que torna legítima a preocupação em torno da saída de Marcano. Percebo que chega uma altura da carreira de cada jogador em que este tem que planear o futuro, o tal “contrato da vida”. Já vimos, no passado, que o dinheiro pode mudar a lealdade de um jogador. É uma preocupação natural do atleta, mas os jogadores que vão avante com a “traição” terão que acarretar com as consequências que se manifestam, sobretudo, pelo descontentamento da massa adepta. Os adeptos são os que mais sentem e sofrem com a mudança que, à imagem do que aconteceu com Maxi, é uma transferência sempre inesperada e um duro golpe para o rival.

Foto de Capa: Bola na Rede

artigo revisto por: Ana Ferreira