Anúncio Publicitário

O rendimento de Beto ao serviço do Portimonense SC, na liga portuguesa, está a captar aos poucos a atenção de toda a gente, já que o avançado tem sido um dos destaques desta 2.ª volta de campeonato. Aliás, lá fora, nomeadamente em Espanha, já foi comparado e denominado como o “Haaland do futebol português”, fruto da sua capacidade física e da relação que tem demonstrado com o golo.

Esta época, o jogador nascido na Guiné-Bissau já soma nove golos na temporada, sendo que é um dos vários responsáveis pelo excelente momento de forma que a formação algarvia atravessa. No entanto, o atleta é muito mais do que a sua habilidade para com a bola, também tem o seu lado humano e de superação e aqui é impossível ficar indiferente à história de vida de Beto. Desde os seus momentos em que caía isolado frente ao guarda-redes adversário no campo, até aos seus treinos com uma simples bola de ténis, como dos seus tempos no Clube Olímpico de Montijo até ao presente, o atacante tem subido sempre a pulso, mas sempre acompanhado da humildade e do trabalho. Todos estes condimentos fazem com que aos 24 anos, este jogador, seja um dos futebolistas mais cobiçados no nosso país.

Anúncio Publicitário

Desta forma, o seu nome já consta na agenda dos “três grandes”, assim como de outros emblemas estrangeiros, pelo que se espera uma disputa intensa pelo seu passe, além de que está integrado num clube que já conseguiu fazer negócios impensáveis, como foi o caso de Nakajima. Por sua vez, alguns meios de comunicação social já avançaram que o FC Porto estará disposto a avançar com uma proposta a rondar os 9 milhões de euros, por apenas 50% do passe. Uma proposta, a ser verdade, muito arrojada e de alto risco, não desconsiderando a valia do jogador, mas sim porque são ofertas que, ou correm muito bem, ou correm muito mal. Não esquecer, recentemente, o que aconteceu precisamente com Nakajima, que até agora, tem sido um autentico “flop”, tendo em conta as expectativas com que chegou. Também não se pode esquecer dos problemas financeiros que os dragões atravessaram recentemente e as consequências que ainda sofre com isso, assim todo o cuidado é pouco e cada investimento tem de ser considerado com muita atenção e seriedade.

Fora o lado financeiro, centrando agora no aspeto desportivo, Beto é um jogador que se encaixaria perfeitamente no estilo de jogo de Sérgio Conceição, pois é um atleta com grande estampa física, com passada larga, o que beneficia o seu ataque à profundidade e tem demonstrado sempre uma boa relação com o golo, algo importante numa equipa grande. No seguimento, também não descuida a parte defensiva e está sempre disposto a ajudar os seus colegas, algo que já sabemos que o técnico dos portistas aprecia imenso. Claro que ainda há espaço para melhorar e com a sua idade ainda está longe de ser um futebolista feito.

Com isto, Beto poderá ser uma aposta interessante por parte do FC Porto, apontado como possível substituto de Marega, caso não renove. Porém, terá de ser pelo preço certo, sendo que o valor que se fala parece um pouco exagerado, já que se perspetiva uma avaliação na ordem dos 18 milhões de euros.

Anúncio Publicitário

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome