Primeira Liga, 27.ª jornada: domingo, 17h30, 18 abril de 2021
ANTEVISÃO: DRAGÕES PROCURAM CURAR RESSACA DA CHAMPIONS

O Estádio da Choupana prepara-se para receber um encontro que promete influenciar as contas finais do campeonato. O CD Nacional, último classificado, mas na luta pela fuga da despromoção, vai defrontar o FC Porto que se encontra na segunda posição da Primeira Liga e mantém-se na perseguição ao primeiro lugar.

Os insulares vêm de uma série de resultados negativos e nas últimas oito jornadas apenas conheceram o sabor da derrota. Após a rescisão de Luís Freire, Manuel Machado assumiu o leme da equipa, mas entrou com o pé esquerdo – nos dois jogos que a equipa disputou com o novo técnico saiu derrotada por 5-1, frente ao Portimonense SC e CD Santa Clara. Ainda assim, a manutenção é possível, pois apenas três pontos separam o CD Nacional do 16.º lugar.

NUM CAMPO TRADICIONALMENTE DIFÍCIL PARA TODOS OS CLUBES, OS DRAGÕES VÃO CONSEGUIR PASSAR OS MADEIRENSES NA LUTA PELO TÍTULO? APOSTA JÁ EM BET.PT!

Quanto ao clube nortenho, regista cinco vitórias nos últimos cinco encontros do campeonato e chega a este jogo com as baterias totalmente apontadas para o campeonato. Os azuis e brancos caíram nos quartos de finais da Liga dos Campeões frente ao Chelsea FC, ainda que tenham saído vencedores do jogo da segunda mão. Com o líder Sporting CP a perder quatro pontos na jornada 25 e 26, o FC Porto aproximou-se do primeiro lugar e os índices de confiança na conquista do título dispararam ainda mais. Os azuis e brancos não vão arredar a pé e a conquista destes três pontos é fundamental para a reta final de temporada.

Este vai ser a terceira disputa da época desportiva entre madeirenses e portistas. O FC Porto saiu vitorioso em ambos os jogos – para o campeonato, em dezembro de 2020, venceu por 2-0 no Estádio do Dragão; em janeiro de 2021, a contar para a Taça de Portugal, os dragões ganharam por 2-4 após o prolongamento. A última vez que o CD Nacional roubou pontos ao FC Porto remete-nos a março de 2015 – um jogo que terminou 1-1 na ilha da Madeira. O Estádio da Choupana, em determinadas condições atmosféricas, é um terreno habitualmente difícil, mas prevê-se bom tempo para o jogo de amanhã e uma luta acesa por um lugar ao sol.

Anúncio Publicitário

 

10 DADOS RÁPIDOS
  1. Nos últimos dez encontros entre CD Nacional e FC Porto, os azuis e brancos saíram vitoriosos por nove vezes;
  2. A última vez que os insulares venceram os portistas no Estádio da Choupana foi em março de 2014 (2-1);
  3. Brayan Riascos é o melhor marcador do CD Nacional com dez golos na sua conta pessoal;
  4. Sérgio Oliveira, por sua vez, é quem mais fez balançar as redes nesta temporada no FC Porto (19 golos);
  5. A maior vitória do FC Porto frente ao CD Nacional foi em 2016/2017 por 7-0;
  6. Em 35 jogos disputados com os dragões, Manuel Machado saiu vitorioso por três vezes;
  7. Em 15 jogos oficiais como treinador contra o CD Nacional, Sérgio Conceição ganhou cinco (quatro pelo FC Porto e um pelo SC Braga);
  8. Nos últimos oito encontros, os madeirenses sofreram 23 golos, menos um que o FC Porto em todo o campeonato;
  9. Os últimos cinco jogos do FC Porto resultaram em cinco vitórias com exatamente dois golos marcados.
  10. Em 45 partidas entre as duas equipas, o FC Porto venceu 34, o CD Nacional sete e o empate prevaleceu em quatro ocasiões.

 

JOGADORES A TER EM CONTA

Brayan Riascos (CD Nacional) – Um verdadeiro panzer no ataque do CD Nacional. Fisicamente é muito forte, rápido a sair na pressão e a jogar com ou sem bola e ostenta um pé direito canhão. Na Liga Portuguesa tem cinco golos marcados e na Taça de Portugal fez uma campanha exímia, ao marcar outros tantos. Há quem diga que o colombiano de 26 anos faz lembrar Marega pelas suas semelhanças nas caraterísticas físicas e técnico-táticas. Apesar de não fazer golos há cinco jornadas, já sabe o que é marcar ao FC Porto – foi um dos marcadores na derrota por 2-4 para a Taça de Portugal.

Fonte: Diogo Cardoso / Bola na Rede

Mehdi Taremi (FC Porto) – Voltou a fazer gosto a pé frente ao CD Tondela como suplente utilizado e na terça-feira, com o Chelsea FC, candidatou-se ao Prémio Puskás depois da execução perfeita de um pontapé de bicicleta. O ponta de lança iraniano deverá estar nas nuvens e com os níveis de confiança restabelecidos depois da seca de jogos sem marcar. A grande questão é se Sérgio Conceição alinhará Taremi no onze inicial ou vai entrar em campo a partir do banco de suplentes.

 

XI’S PROVÁVEIS

CD Nacional: Riccardo Piscitelli; Kalindi, Pedrão, Rui Correia, João Vigário; Larry Azouni, Nuno Borges, Éber Bessa, Bryan Róchez, Marco Matias, Brayan Riascos.

Manuel Machado: “Este plantel com a anterior equipa técnica já conseguiu fazer um bom jogo contra o FC Porto, nomeadamente na Taça de Portugal aqui, onde chegaram ao final dos noventa minutos com o resultado de 2-2 e a jogar com um homem a menos na parte final do jogo e é com esse catalisador, não com um passado mais distante, que se trabalha para que a equipa acredite que pode fazer um jogo dentro desse nível de qualidade e com um resultado condizente.”

FC Porto: Agustín Marchesín; Wilson Manafá, Pepe, Mbemba, Zaidu; Otávio, Uribe, Sérgio Oliveira, Tecatito Corona; Taremi e Marega.

Sérgio Conceição: “Qualquer jogo do campeonato é complicado. Do último classificado, que é o Nacional, para o 10.º há sete pontos de diferença, se não estou em erro. Faltam alguns jogos e a diferença não é muito grande. A dificuldade é sempre grande, as equipas são competentes. A nossa Liga é sempre difícil, jogar na Madeira é sempre complicado.”

 

PREVISÃO DE RESULTADO: CD NACIONAL 0-2 FC PORTO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome