fc porto cabeçalho

Chegou ao FC Porto em 2015, vindo do CS Marítimo, e desde cedo deu mostras de que tinha o que era necessário para ser uma peça fundamental na equipa. Nas suas palavras, é um jogador “à Porto”, com espírito de guerreiro e sem nunca dar um lance por perdido. Danilo Pereira é, para a secção do FC Porto do Bola na Rede, o futebolista do ano dos dragões.

Há três épocas a vestir de azul e branco, o internacional português está de pedra e cal no meio campo da equipa, assumindo-se como uma das principais figuras do plantel. Num desporto onde não há insubstituíveis, com jogadores a sairem e a entrarem em cada mercado de transferências, Danilo é aquele a quem mais facilmente seria atribuído esse estatuto. Neste momento, é impensável um onze titular em que não esteja incluído. Logo no ano da sua chegada ao Dragão, ainda com Julen Lopetegui ao comando da equipa, Danilo foi um dos mais utilizados no plantel, tendo realizado 45 jogos e marcados seis golos. No entanto, foi com Nuno Espírito Santo que evoluiu na sua posição e que cresceu enquanto profissional. Isto, claro está, depois de se ter sagrado Campeão Europeu ao serviço da Selecção Nacional, em Julho de 2016.

Danilo é um dos jogadores mais acarinhados pelos adeptos Fonte: FC Porto
Danilo é um dos jogadores mais acarinhados pelos adeptos
Fonte: FC Porto

A sua capacidade física é um dos pontos fortes do seu jogo e uma valência que salta desde logo à vista. Em campo, é um factor importante para se impor aos adversários, para vencer duelos individuais, para ganhar na recuperação e se lançar em processos ofensivos. Em termos defensivos, Danilo tem a capacidade de bloquear a progressão do adversário, não só pelo seu posicionamento no terreno, mas também pela competência na recuperação da bola. Durante o jogo, transmite a ideia de que consegue estar em todo o lado, uma espécie de polvo cujos tentáculos se estendem desde as zonas mais recuadas do terreno até bem perto da baliza adversária. No que diz respeito aos momentos ofensivos, Danilo ajuda na criação e construção de jogadas de ataque e, nesta época, já leva quatro golos marcados: não tem medo da meia distãncia e é um dos batedores nos lances de bola parada.

Danilo Pereira transitou do FC Porto de Nuno Espírito Santo para o de Sérgio Conceição, continuou seguro na condição de titular e é um dos mais acarinhados pelos adeptos portistas. Ao serviço do clube, faltam-lhe apenas títulos, uma vez que nas duas épocas que já realizou de dragão ao peito a equipa não venceu nenhuma competição. Blindado com uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros, Danilo deverá ficar resguardado neste mercado de Inverno que se aproxima, sendo uma das peças fundamentais na estratégia de Sérgio Conceição para devolver o FC Porto ao título da Campeão Nacional.

Foto de Capa: FC Porto

Comentários