fc porto cabeçalho

No meu artigo da semana passada disse estar confiante no futuro do FC Porto por ser minha convicção de que a SAD havia aprendido com os erros do passado. Neste momento, ainda não me arrependo do que disse, mas já me encontro, seguramente, a meio deste processo.

Um dos maiores erros cometidos por Pinto da Costa no passado recente foi o de deixar sair treinadores, sendo Vítor Pereira (VP) o rosto desta situação, sem ter a certeza de conseguir contratar um melhor. Evidente é que, após a saída de VP, o FC Porto entrou numa série de más decisões e de situações menos claras que levaram o clube ao ponto que se encontra hoje. E o que fez Pinto da Costa? Demitiu (ou aceitou a demissão de) Nuno sem garantias de encontrar melhor, deixando uma vez mais a nuvem da incerteza a ameaçar a maioria dos portistas.

Fonte: FC Porto
Fonte: FC Porto

Parece que o mito de que qualquer treinador vencia no FC Porto não passava disso mesmo. O pior é que a ideia é agora transversal à maioria das modalidades, uma vez que treinadores competentes (VP no futebol, Obradovic no andebol e Franklim Pais no hóquei em patins) foram sendo substituídos por outros com menos experiência e/ou qualidade. A excepção? O basquetebol. Agora basta comparar as expectativas e os resultados obtidos em todas as modalidades mencionadas nos últimos anos para perceber que, notoriamente, compensa investir num treinador com provas dadas em vez de entregar a equipa ao primeiro que aparecer com o curso.

Foto de Capa: FC Porto

Comentários