fc porto cabeçalho

Com a temporada perto do final as decisões sobre o futuro do FC Porto inquietam muitos sócios e adeptos portistas. A continuidade ou não de NES é um dos temas mais discutidos pelo universo portista.
Se a SAD fosse ouvir os adeptos, acredito que NES não seria o treinador do FC Porto na próxima época. NES nunca foi muito amado no Dragão e um final de época muito irregular fez com que muitos adeptos perdessem a crença no treinador.

Eu ainda não atirei a toalha ao chão, mas mesmo que o FC Porto não seja campeão, acredito que a melhor solução seria a continuidade do técnico portista. Mas, também sou realista, e sei como reagem a maioria dos adeptos de futebol em Portugal aos “insucessos”, e o ambiente na próxima época pode ser complicado de gerir caso não surjam resultados logo no início da época.

Fonte: geralforum
Fonte: geralforum

Esta é a questão que a administração da SAD Portista tem de resolver: ou apostar na continuidade de um trabalho que esta época mostrou ter bases solidas para crescer e com isso ter uma grande franja de adeptos insatisfeitos, ou apostar num novo treinador (se possível bem visto pelos adeptos) e começar tudo do zero. A decisão não é fácil mas, se há presidente com experiencia e visão para tomar a melhor decisão é Jorge Nuno Pinto da Costa.

Um outro fator a ter em conta é a questão financeira, o Administrador Fernando Gomes admitiu que o FC Porto tem de fazer vendas num valor a rondar os 100 milhões de euros neste defeso. Isto significa que algumas peças fundamentais serão vendidas o que não ajuda no crescimento da equipa e, se juntarmos a isso uma possível mudança de treinador o cenário ainda piora, a não ser que se consiga um treinador de Top Mundial (Leonardo Jardim) por exemplo.

Anúncio Publicitário

Por isso e analisando todos os cenários acredito que a continuidade de NES será a melhor solução! A instabilidade é a maior inimiga do sucesso!

Foto de Capa: FC Porto

Comentários

Artigo anteriorVem aí o Brasileirão
Próximo artigoO. Lyon 3-1 AFC Ajax: O quase não dá bilhete para a final
É um eterno apaixonado por desporto, tem no futebol a sua maior paixão. Desde muito jovem que se dedica ao estudo e à análise de todas as vertentes futebolísticas. Foi treinador no futebol de formação, e atualmente colabora na área do “scouting". Apaixonado pelo jornalismo desportivo, é adepto do FC Porto e no futebol internacional tem simpatia pelo Barcelona.                                                                                                                                                 O Luís escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.