A sete jornadas do fim do campeonato o boletim clínico do FC Porto tem sido bastante preenchido. Vários nomes importantes, de jogadores a atravessar bons momentos de forma, têm ido lá parar e a equipa vai procurando soluções entre os disponíveis. Agora, com a paragem para os compromissos das seleções, é tempo de perceber com o que se pode contar na reta final da competição.

Danilo, Alex Telles, Soares e Marega: são estes os quatro nomes que os adeptos azuis e brancos anseiam por ver entre os convocados de Sérgio Conceição. Nas últimas jornadas figuraram entre os indisponíveis, mas o regresso pode estar para breve. Depois de uma fase de ritmo competitivo bastante elevado, com 17 jogos em dois meses e meio, os dragões só podem beneficiar com este “intervalo” na Liga. Para o próximo jogo, no dia 2 de Abril no Restelo, Alex Telles e Soares já são certos. O avançado brasileiro tinha condições para ser usado frente ao Boavista FC, mas o resultado da partida foi permitindo ao técnico gerir as opções de outra forma, usando Aboubakar de início e fazendo entrar Gonçalo Paciência já perto do final, de modo a não o sobrecarregar. Na véspera do dérbi de sábado Soares já tinha evoluído para treino integrado condicionado, pelo que fará parte das opções de Sérgio Conceição para a jornada 28.

Alex Telles é o outro nome já confirmado entre os recuperados. O lateral esquerdo já faz treino condicionado e tem ainda cerca de 10 dias de preparação com o restante plantel até ao reinício da competição. Depois de um mês de paragem Alex Telles deverá regressar às opções do treinador, apesar das boas indicações dadas por Diogo Dalot, chamado para assumir o seu lugar. Também Danilo pode recuperar nestes dias de paragem, mas terá uma tarefa mais complicada para voltar à titularidade: o jogador está lesionado desde o final de Janeiro e tem visto Sérgio Oliveira e Herrera formarem uma boa dupla no miolo azul e branco. O internacional português já integrou, ainda que de forma condicionada, os trabalhos da equipa na preparação para a deslocação ao CF “Os Belenenses”, mas deverá ter de esperar por uma oportunidade para assumir de novo um lugar no onze.

Danilo é o jogador lesionado há mais tempo, estando parado desde Janeiro
Fonte: FC Porto

E se o início do campeonato levou muitos a verem Marega como o elo mais fraco do ataque, por estes dias já terão mudado de ideias. O maliano foi uma das figuras de destaque do FC Porto ao longo da época, mas ainda não tem data certa de regresso. A trabalhar neste momento apenas no ginásio e ainda a fazer tratamento, é esperado só mais para o final do mês, sendo ainda incerta a possibilidade de ser utilizado no clássico da Luz.

Anúncio Publicitário

Com duas semanas de treinos pela frente, depois de meses em ritmo competitivo elevado, o FC Porto deverá agora conseguir fazer a gestão do plantel e passar a contar com todos os jogadores, à excepção de Marega. Para a reta final do campeonato, e numa altura em que a equipa apenas tem o foco no campeonato e na Taça de Portugal, é importante ter todas as soluções preparadas e prontas a entrar em acção para ajudarem no objectivo comum: a conquista do título.

Foto de Capa: FC Porto