fc porto cabeçalho

Foi ingrata a noite Europeia no Dragão a expetativa era grande e a forma como aconteceu a derrota deixa um amargo de boca nos adeptos portistas.

Na minha opinião a estratégia estava bem montada, a entrada de Ruben Neves foi a surpresa, procurar dar mais agressividade e poder de meia distância ao meio campo devera ter sido o pensamento de NES.

O restante onze era o expectável, pelo menos para mim, porque acho que Herrera em jogos desta dimensão tática é sempre opção não apenas para NES mas para todos os últimos treinadores do FC Porto. É um jogador com um sentido posicional acima da média, grande leitura na ocupação dos espaços e é por isso que os diversos treinadores não prescindem dele. Aceito que não seja um jogador vistoso de grande empatia com os adeptos, mas é muito útil a nível tático.

Contra uma equipa da dimensão da Juve o jogo tinha de ser pensado e preparado numa logica de 180 minutos, não sofrer golos era fundamental, jogar no erro da equipa Italiana era uma estratégia inteligente, tendo dois jogadores como Soares e André Silva que num futebol mais direto jogando na profundidade podiam ferir o adversário que com Barzagil e Chiellini no eixo da defesa teriam dificuldade nesse tipo de futebol.

Anúncio Publicitário

Mas o minuto 27 foi fatal, Alex Telles teve dois minutos de desconcentração e colocou toda a estratégia em causa. Nesta dimensão jogar 65 minutos com dez jogadores é fatal. É evidente que o árbitro poderia ser mais condescendente porque a falta que deu origem ao segundo cartão amarelo não é propriamente perigosa, nem pós a integridade física do jogador em causa. Piores danos teve Herrera no seu pé esquerdo esse sim foi um lance perigoso para o atleta. Mas Alex Telles foi imprudente, espero que aprenda com este erro, mas Domingo tem de jogar para recuperar mentalmente deste lance.

Herrera deu provas do seu profissionalismo Fonte: FC Porto
Herrera deu provas do seu profissionalismo
Fonte: FC Porto

Considero NES um estratega, o jogo estava muito bem preparado para ser ganho no pormenor. Agora a eliminatória esta praticamente perdida, mas um golo cedo em Turim pode criar intranquilidade na equipa Italiana e quem sabe se não conseguimos o milagre.

Domingo é outra luta, a equipa tem de recuperar quer física quer mentalmente, acredito que NES vai fazer algumas mudanças quer por motivos físicos e de gestão quer pela questão tática do jogo e ate por motivos de castigo, visto que Felipe esta castigado.

Foi uma quarta-feira difícil porque para um portista perder é sempre muito duro, mas temos de tentar ver um pouco mais longe no horizonte e o futuro vai ser risonho não tenho dúvidas!

Fonte: FC Porto