Não foi feliz a estreia de Bazoer com a camisola do FC Porto, ainda que ao serviço da equipa B. Foram apenas 15 minutos em campo, já que o holandês se lesionou na clavícula direita. Tem sido uma época azarada no que as lesões diz respeito com vários jogadores a terem problemas físicos quer nos primeiros treinos, quer nos primeiros jogos.

Bazoer é um médio que pode acrescentar bastante ao plantel de Sérgio Conceição, tem qualidade técnica, intensidade, capacidade de chegar a zonas de finalização e, em jogos de alto grau de intensidade, o treinador portista vai certamente utilizar um meio-campo a três e Bazoer é uma excelente opção para essa variante.

Nesta jornada foram vários os jogadores da equipa principal que foram utilizados pela equipa B portista; Jorge, João Pedro, Bazoer, Bruno Costa e Marius. Esta utilização é interessante porque dá ritmo competitivo aos jogadores mas, ao mesmo tempo, retira espaço aos jovens valores da formação do clube que deviam crescer na equipa B e deixam a nu uma planificação da época que deixa muitas dúvidas e questões no ar!

Bazoer anseia pela estreia no estádio do Dragão
Fonte: FC Porto

Neste momento, entre o plantel da equipa A e da equipa B, estão inscritos 57 jogadores. É algo que não faz sentido! Em termos financeiros é incomportável, em termos de gestão desportiva é de extrema complexidade, e na planificação do treino, é algo que cria imensos problemas aos treinadores. Quando existe uma equipa B o plantel da equipa A não deveria ter mais de 23 jogadores. Quando chegarmos a janeiro vários jogadores nas duas equipas terão muito poucos ou nenhuns minutos de utilização, e mais uma vez vai ser uma debandada ao nível dos empréstimos.

Anúncio Publicitário

Voltando ao assunto inicial, a lesão de Bazoer, espero e acredito que o regresso seja rápido porque a lesão não parece ser de elevada gravidade. Tenho a convicção que quando Conceição apostar no internacional holandês, os adeptos vão ter uma agradável surpresa podendo agarrar essa oportunidade tornando-se se numa peça importante nas conquistas desta época.

Fonte: FC Porto

artigo revisto por: Ana Ferreira