Fábio Cardoso: De contestado a opção muito válida | FC Porto

    No verão de 2021, quando assinou pelo FC Porto, foi alvo de contestação por parte dos adeptos. Desde dezembro tem cumprido a difícil missão de substituir Pepe e conquista cada vez mais a confiança dos aficionados portistas.

    Fábio Cardoso conta já com 15 jogos com a camisola do FC Porto e resta-lhe apenas estrear-se a marcar para carimbar a série de exibições sólidas que tem realizado nos últimos encontros.

    O número dois portista não teve uma estreia propriamente fácil – o primeiro jogo foi oficial foi frente ao Liverpool FC, a contar para a Liga dos Campeões, e terminou com uma pesada derrota por 1-5.

    Desde então, esteve também presente no encontro da segunda volta da fase de grupos, em Anfield, e, pelo meio, foi participando em alguns jogos a contar para a Taça de Portugal. Contudo, o mês determinante para Cardoso foi sem dúvida dezembro.

    O número dois portista conquistou os adeptos nos dois jogos frente ao SL Benfica. Fonte: Diogo Cardoso / Bola na Rede

    A jornada 14 jogava-se no Estádio do Dragão frente ao SC Braga. O capitão Pepe abandona o relvado antes do intervalo devido a problemas físicos e Fábio Cardoso entra para o seu lugar. Desde esse momento até então, esteve presente no onze titular em nove partidas e tem tido um crescimento exponencial em cada uma delas.

    Fábio Cardoso está longe de ser um clone de Pepe, e não tem de o ser, mas a sua agressividade “controlada” em cada disputa de bola, a segurança que apresenta de jogo para jogo e a entrega demonstrada fazem esquecer todos os motivos da contestação na sua chegada.

    Com a recuperação de Pepe e Iván Marcano e sem esquecer a chegada de Rúben Semedo, Fábio Cardoso tem, novamente, concorrência de peso para a sua posição. Ainda assim, é importante relembrar o facto de Pepe estar a caminho dos 39 anos, Marcano completará 35 anos em junho e Chancel Mbemba deverá deixar o FC Porto no final da época.

    Sendo assim, Fábio Cardoso tem todas as condições para assumir, no presente ou no futuro, o lugar no onze inicial portista.

    Falta-lhe ainda somar uma chamada à seleção nacional e, continuando a jogar de forma regular, poderá conseguir muito em breve a primeira internacionalização. De renegado pelas cores passada a titular no onze portista, Fábio Cardoso chegou, lutou e resta-lhe vencer. Caso o FC Porto seja campeão nacional, aos 27 anos, este será o seu primeiro título como jogador profissional.

    - Advertisement -

    Subscreve!

    PUB

    spot_img

    Artigos Populares

    Tiago Moura
    Tiago Mourahttp://www.bolanarede.pt
    Desde criança a colecionar cromos e recortes de jornais de vários jogadores até às longas carreiras nos videojogos no seu clube do coração, foram muitas as alegrias que o desporto rei lhe proporcionou. Assume ficar fulo quando não consegue acompanhar um jogo da equipa da cidade Invicta, mas no que toca a tudo o que acontece à volta do seu clube sente a obrigação de estar sempre atualizado. Estuda Ciências da Comunicação e é através da escrita que se prefere expressar.