Anterior1 de 3Próximo

O Dragão encheu-se e pintou-se de azul e branco para receber os campeões nacionais. Do outro lado, o Feirense, que veio ao Dragão à procura de garantir a manutenção.

O Porto entrou em campo em tom de festa, mas com vontade de controlar o jogo sem meter muita velocidade.

Primeiro quarto de hora de jogo completamente controlado pelo FC Porto com várias oportunidades: pontapé de Soares a rasar o poste; livre direto batido por Alex Telles, por cima; Brahimi com um trabalho fantástico e a conseguir ganhar canto.

Aos 16′ da partida, Crivellaro arrisca quase do meio campo e a bola bate na trave da baliza de Iker Casillas, seria um golo de outro mundo.

O Porto continuou sempre pressionante, sem demasiada intensidade e aos 37′ Sérgio Oliveira abre o marcador.

O FC Porto já pôde festejar, perante os seus adeptos, o título de campeão nacional
Fonte: FC Porto

Início acidentado da segunda parte, com dois jogadores do Feirense a precisarem de assistência médica nos primeiros cinco minutos de jogo.

Passe picado de Aboubakar, Brahimi de primeira passa a bola por cima de Flávio Ramos e remata para o fundo da baliza. Aos 57′ aparece, de forma completamente mágica, o segundo golo dos campeões nacionais.

Aos 70′ o árbitro assinala grande penalidade a favor do FC Porto mas é chamado pelo VAR e acaba por alterar (bem) a sua decisão.

No final do jogo, golo bem merecido do Feirense, Valencia cabeceia no coração da área.

Acaba o jogo e continua a festa, altura para o FC Porto receber o tão merecido troféu de Campeão Nacional da época 2017/2018!

Anterior1 de 3Próximo

Comentários