08

Com a paragem das competições para os jogos das seleções, o treinador Sérgio Conceição conseguiu recuperar jogadores que estavam com problemas físicos.
As lesões e a falta de opções têm sido uma constante e nem sempre é fácil para quem lidera apresentar a melhor equipa, face a todas as condicionantes inerentes.

De regresso aos jogos de peso, regressou também Sérgio Oliveira. Foi convocado para o jogo frente ao Coimbrões, para a Taça de Portugal, e acabou por ser opção.
O português esteve dois meses parado – depois de ter sofrido uma lesão no jogo diante do FK Krasnodar, em Agosto -, e agora para além de ter de recuperar a preparação física, também tem de recuperar o espaço perdido. Uribe aproveitou, e bem, esta ausência prolongada de Sérgio Oliveira, mas, ainda assim, é um regresso importante, numa altura fundamental.

Sérgio Oliveira tem uma qualidade ímpar no plantel: a precisão do remate. Marca golos a longas distâncias e é muito forte na marcação de livres. Isto podia ser apenas um pormenor, mas é um grande fator, uma vez que a equipa do FC Porto é muito forte nos lances de bola parada e é, inclusive, a forma com que concretiza mais vezes. É certo que Uribe foi um dos reforços mais sonantes, tem um peso em campo grandioso, mas tudo conta numa altura em que os resultados positivos são urgentes. E com isso falo de golos.

Com o número de jogos a aumentar, devido à participação portista em todas as competições, Sérgio Oliveira é mais uma opção para ajudar na rotatividade dos jogadores e poupar a cansaços.

28 Romário Baró no jogo em que regressou de lesão, frente ao SC Coimbrões, para a Taça de Portugal
Fonte: FC Porto
Anúncio Publicitário

Na lista de convocados, também para o jogo da Taça de Portugal, esteve Romário Baró. O extremo sofreu uma lesão diante do CD Santa Clara, para a Taça da Liga, mas já foi reintegrado no plantel e entrou para as opções do treinador. Baró estava a ser uma das surpresas desta temporada, pela forma como agarrou a oportunidade e não desiludiu quem nele apostou. Tem rapidez e uma qualidade inegável. E é sempre uma mais valia para qualquer jogo. Tem muito para crescer, face à tenra idade, mas tem muito potencial. Quando recuperar na totalidade a forma física com que esteve vai, certamente, ser mais um para as opções de Sérgio Conceição.

Para a Liga Europa não foram opção, nem mesmo para o jogo de hoje frente ao Famalicão, mas isso só indica que ainda não estão totalmente a 100%, mas o tempo vai ser fulcral e os jogadores não tarda voltam a entrar em campo.

 

 

Foto de Capa: FC Porto

Artigo revisto por Joana Mendes

 

Comentários