A pouco mais de um mês do fim da época, Sérgio Conceição depara-se com vários problemas com o plantel: a sirene de lesões e castigos começou a tocar e as opções começam a escassear.

Na última terça-feira, diante do Liverpool FC, a contar para a Liga dos Campeões, o treinador viu-se obrigado a fazer alterações no setor defensivo. Maxi entrou para o lugar de Militão e o brasileiro ocupou o lugar do castigado Pepe. Esta alteração não foi necessariamente má, uma vez que Militão a central ainda rende mais do que a lateral direito. No entanto, o rendimento de Maxi é que ficou aquém, muito por culpa da qualidade dos ingleses.

Ainda assim, o problema maior até esteve no lado esquerdo… Alex Telles que saiu lesionado do jogo com o SC Braga, há duas semanas, foi opção para entrar no onze e os problemas físicos do brasileiro foram notórios. O lateral esquerdo não conseguiu ocupar bem os espaços defensivos, nem conseguiu a rapidez habitual nos lances ofensivos. Militão e Felipe tiveram de se multiplicar para cobrir os espaços deixados pelos colegas. Em muitos momentos, correu bem.

O central Felipe foi opção em 46 jogos esta temporada e apontou 3 golos
Fonte: FC Porto

O próximo desafio é este sábado, em Portimão, e para este jogo os problemas repetem-se: desta vez é Felipe quem está castigado e Alex Telles ainda é uma incógnita. Apesar de ter jogado em Anfield, o brasileiro pode ser preterido para recuperar adequadamente, tendo em conta ter sido um dos jogadores que mais minutos fez esta época.

Já Felipe cumpre o segundo jogo de castigo, depois de ter falhado o Boavista. O brasileiro, que tem lugar cativo no centro da defesa, vai ser substituído por Militão, que volta a abrir uma vaga na lateral direita. Para esse lugar Maxi ou Corona serão opções… o mexicano tem estado a jogar a um ritmo elevado e já diante do Liverpool ajudou defensivamente Maxi Pereira. No caso de Alex Telles, tal como aconteceu com o Boavista, Manafá pode ser opção, apesar do brasileiro não estar, de todo, descartado.

Se há uns tempos, o setor defensivo era caracterizado por ser um autêntico muro pelas tão boas opções à disposição de Sérgio Conceição… nesta altura a situação inverte-se e tem sido uma dor de cabeça. O muro desmorona ou reergue-se até ao final da época?

Foto de Capa: FC Porto

Artigo revisto por: Jorge Neves

Comentários