fc porto cabeçalho 2Prestes a terminar o ano civil de 2017, chega a altura de olhar para aquilo que foi o ano que passou e, mais do que fazer uma retrospetiva desse ano, importa, resultante dessa retrospetiva, projetar o ano que se segue e prever o que de bom e menos bom poderá vir a acontecer.

O ano que agora termina foi para o FC Porto um ano agridoce. Felizmente para a família portista, a parte “doce” guardou-se para o final, e é essa parte que leva os portistas a olhar com bastante otimismo para um 2018 que se espera que venha a ser um ano de sucesso pintado de azul e branco.

A equipa agora comandada por Sérgio Conceição chega ao final de dezembro no primeiro lugar do campeonato, nos quartos de final da Taça da Portugal, apurado para a final-four da Taça da Liga, prova que nunca conquistou, e nos oitavos de final da Liga dos Campeões, onde defrontará o Liverpool, por isso, até ao momento, as aspirações do FC Porto a conquistar tudo o que existe para conquistar nesta época seguem intactas para 2018.

E é isso mesmo que todos os portistas prevêem para o ano que se avizinha – títulos.

Como já referido, o FC Porto é líder do campeonato, a par do Sporting, e o futebol praticado pelos seus jogadores tem entusiasmado tudo e todos e, apesar de algumas condicionantes que possam ser apontadas, como o número talvez um pouco reduzido de jogadores no plantel, face a possíveis expulsões e lesões futuras, que podem ser colmatadas no mercado de janeiro, a união que se verifica no seio da equipa entre atletas, equipa técnica e adeptos é cada vez maior, por isso, nem o mais pessimista dos adeptos azuis e brancos pode duvidar que, no final da época, o FC Porto estará, pelo menos, a lutar pelo título de campeão nacional. O que não chega, pois a ambição de todos e o que todos esperamos é ver toda a família azul e branca, em maio, a celebrar a conquista do 28º campeonato, nos Aliados, depois de quatro épocas em “jejum” …

Vencer continua a ser o destino do FC Porto para 2018, e o principal objetivo é reconquistar o título de campeão nacional, o que já não acontece desde 2012/2013
Fonte: FC Porto

Olhando às outras provas internas, as previsões apontam para que o FC Porto tenha boas possibilidades de chegar ao título em todas elas. Na Taça de Portugal, a equipa está nos quartos de final da prova, onde defrontará o Moreirense. O único entrave que pode ser colocado às aspirações ao título final é, se tudo correr como se espera, o possível embate com o Sporting nas meias-finais, que poderá ser um osso duro de roer. Apesar disso, ninguém pode impedir-nos de sonhar já com a presença no Jamor, e esse sonho segue também bem vivo para 2018. Na Taça da Liga, a situação é muito semelhante. O jogo, já confirmado, com o mesmo Sporting na final-four da competição será, sem dúvida, muito complicado, mas todos esperamos mais uma vitória da nossa equipa e que esta esteja também presente na final, frente à Oliveirense ou ao Vitória Futebol Clube, que não deverão causar grandes dificuldades aos nossos jogadores, em teoria. Claro que a Taça da Liga continua a não ser um dos objetivos prioritários da época, mas a seriedade e a vontade de vencer com que a equipa encarou cada jogo da fase de grupos fazem acreditar que esta é uma competição para vencer, mais do que em qualquer outra época.

Se cá dentro, em Portugal, as previsões realistas apontam para um domínio azul e branco, na Liga dos Campeões não será bem assim. O sorteio dos oitavos de final da prova ditou um confronto com o poderoso Liverpool, uma equipa que tem estado em muito boa forma. Tal como o FC Porto! Neste jogo entre duas equipas em excelente forma, pelo menos agora, visto que o jogo só se realizará em fevereiro, as chances portistas de vitória não serão tão grandes, mas temos a certeza que esta eliminatória será encarada para vencer.

As odds não estarão do nosso lado, mas o FC Porto já nos provou muitas vezes que isso não decide nada, por isso seguiremos sempre com ambição e crença numa vitória, que, se confirmada, deverá lançar o FC Porto para uma campanha europeia no mínimo memorável. O título final será quase impossível, mas estando na nossa melhor forma e motivados, poderemos, como adeptos, empurrar a nossa equipa para fases mais adiantadas da competição.

2018 não termina em maio, mas só até aí podemos com alguma fidelidade prever algo. No FC Porto prevêem-se sempre títulos, e o mesmo acontece para o ano que aí vem, e para a época que também se inicia no próximo ano. Caso os títulos cheguem, a direção deverá manter a equipa técnica e o núcleo duro deste plantel para a época 2018/2019, ou até melhorá-lo, mas isso deixamos para o final da época. Até lá há ainda muita bola para rolar.

A equipa segue motivada, com os adeptos a apoiá-la do inicio ao fim de cada jogo, e até mais, e isso faz parecer que ninguém poderá evitar que o FC Porto consiga atingir os seus objetivos para esta época e para o próximo ano. Venha 2018!

Foto de Capa: FC Porto

artigo revisto por: Ana Ferreira

Comentários

Artigo anteriorO início de algo
Próximo artigoRio Ave: Um exemplo de ambição e estabilidade
Nascido no seio de uma família portista, o Nuno não podia deixar de seguir o legado e faz questão de ser um membro ativo na ação de apoiar o seu clube, sendo presença habitual no Estádio do Dragão, inserido na claque Super Dragões. Para ele, o futebol é quase uma terapia, visto que quando está a assistir a algum jogo se esquece de todos as preocupações. Foi futebolista federado, mas acabou por entender que o seu papel era fora das quatro linhas, e também para seguir os estudos em Novas Tecnologias da Comunicação.                                                                                                                                                 O Nuno escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.