Foi sabido durante esta semana que os dragões pretendiam adiar o reembolso do empréstimo, no valor de 35 milhões de euros, para o próximo ano, muito por causa dos efeitos da pandemia do novo coronavírus. Com o clube a ser, recentemente, intervencionado pelas medidas do fair-play financeiro da UEFA, o orçamento para transferências do FC Porto terá de ser reduzido. Sendo assim, a solução pode passar por procurar jogadores que terminem o contrato neste verão ou jogadores da Primeira Liga que, por norma, têm um valor de mercado mais baixo.

Posto isto, o Bola na Rede construiu uma lista de cinco jogadores que poderiam ingressar no FC Porto por menos de 30 milhões de euros. Dois deles seriam por transferência “paga” e os restantes seriam por assinatura de contrato, uma vez que a partir dos próximos meses serão jogadores livres.