fc porto cabeçalho

Nesta difícil deslocação dos dragões ao terreno do Estoril Praia, não se avizinhavam facilidades devido às dificuldades nos últimos anos do FC Porto em conseguir bons resultados nas Amoreiras. Era uma deslocação muito complicada e o FC Porto não tem tido bons desempenhos fora de casa, tanto exibicionalmente como ao nível dos resultados.

Porém, o enguiço foi quebrado com uma vitória arrancada a ferros, e com um homem a exibir-se num nível muito alto e a desbloquear o resultado, de seu nome André Silva. Ele que demonstra cada vez mais experiência e maturidade em campo e o penalti ganho é sinónimo disso mesmo, demonstrando que apesar da sua tenra idade, que podemos contar com ele em todos os momentos.

Não vacilou na hora de cobrar a grande penalidade e ainda assistiu Corona para o segundo golo dos portistas e a selar uma vitória dificílima mas a demonstrar que os níveis de confiança estão a melhorar (apesar das exibições nem sempre bem conseguidas). Porém, é um jogador que não se poupa em campo e isso compromete a sua capacidade de finalização porque, e apesar de todos apreciarmos a sua raça e comprometimento com o jogo, a forma de jogar da equipa comandada por Nuno Espírito Santo exige demasiado de André Silva visto este ter de recuar, ir aos lançamentos laterais, vir buscar jogo, disputar bolas no meio dos centrais e isso desgasta um jogador.

Fonte: FC Porto
Fonte: FC Porto

Comparemos com o melhor marcador do campeonato, Bas Dost, que não trabalha tanto, mas sendo um finalizador nato visto só está em campo a receber bola e rematar, não trabalhando em todo o processo da equipa. Algo que deve ser visto e revisto pelo treinador do FC Porto porque, a este ritmo e durante 90 minutos, qualquer jogador, por muito bom que seja, perde compostura na hora de tomar decisões e André Silva não é exceção. Esta semana, num blog afeto aos dragões, diziam que a namorada de André Silva sofria porque este chegava a casa estafado e isso é percetível analisando quanto este jogador corre e batalha em campo. Obviamente, precisa de melhorar o seu 1×1 porque continua a perder muito nestes duelos mas isso é algo que o número 10 do FC Porto irá evoluir e está no início da sua caminhada como futebolista e os seus números já são impressionantes.

A sua afirmação de que já está no melhor clube de Portugal faz suspirar qualquer adepto portista e ter orgulho num jogador como este, que acrescenta qualidade ao seu sentimento como adepto e produto vindo da formação dos dragões. Todos esperamos altos voos de André Silva e se o FC Porto pode sonhar com o título, muito se deve a este jovem dragão que não para de melhorar e, muitas vezes, carregar o peso da equipa nas suas costas.

Foto de Capa: FC Porto

Comentários