fc porto cabeçalho

Numa altura em que os resultados desportivos e financeiros não são brilhantes, a aposta na formação é urgente e necessária. Nos últimos largos anos o FC Porto pouco ou nada apostou na sua formação, é algo intrigante para quem conhece as equipas portistas nos escalões de formação, porque a qualidade é tanta que causa muita estranheza a ausência de aposta nos jovens talentos.

Além da qualidade existente, os resultados dos mais jovens são muito positivos, Campeões da Segunda Liga com uma época absolutamente brilhante, Bi Campeões nos Sub 19, quatro titulares na seleção Portuguesa de Sub 17 que foi campeã da Europa, e muitos outros exemplos poderia dar.

Ruben Neves e André Silva são dois exemplos do valor existente, e muitos mais existem (João Costa, Diogo Costa, Diogo Dalot, Diogo Queirós, Diogo leite, Jorge Fernandes, Rui Pires, Rui Pedro, Leandro Campos) são apenas alguns exemplos de jovens muito talentosos.

Na vertente do treino o clube também esta muito bem servido, com treinadores de qualidade como Luis Castro, Folha, Bino, Paulinho Santos, Mário Silva sendo que quase todos eles passaram pelo clube como jogadores na equipa principal, sendo esse, um fator importante para que a tao falada mística passe com mais facilidade para os mais jovens.

Uma das questões que o clube tem que melhorar são as instalações ao dispor da formação, comparativamente com os seus rivais estão uns furos abaixo, penso ser esse o grande objetivo do Presidente neste mandato, a construção de uma academia.

Rúben Neves é uma das revelações do FC Porto Fonte: FC Porto
Rúben Neves é uma das revelações do FC Porto
Fonte: FC Porto

O clube tem que assentar a sua política desportiva na formação e num scouting rigoroso, juntando isso a alguma estabilidade (não se pode ter quatro treinadores em três épocas) e estão criados os condimentos para o clube voltar aos títulos.

Uma política assente nestes pilares, num projeto a medio longo prazo vai fazer com que o clube rapidamente recupere em termos financeiros. Quanto vai render André Silva? Quanto vai render Ruben Neves? E em termos desportivos não se fica a perder, bem pelo contrário.

Incorporar dois ou três jovens da formação todas as épocas (não precisam de períodos de adaptação ao país e ao clube), enquadrados com jogadores mais experientes e com algumas contratações cirúrgicas indicadas pela scouting do clube e não por empresários é o caminho mais rápido para voltar ao sucesso.

Esperemos que as mudanças que estão acontecer na estrutura do clube sirvam para uma mudança de paradigma.

Foto de capa: FC Porto

Comentários