Anterior1 de 3Próximo

Pepe e Felipe. Dois autênticos “patrões” da defesa, frente a frente. Ambos nasceram no Brasil. Felipe decidiu continuar a vestir o amarelo da canarinha, no entanto, Pepe nutriu um sentimento especial pela seleção das quinas e traz às costas um título de campeão europeu. Durante o mercado de transferências deste verão, foram vários os órgãos de comunicação social que noticiaram o regresso de Pepe ao FC Porto para fazer dupla com Felipe. Neste duelo frente a frente, qual dos centrais ganhará?

Dados estatísticos dos dois centrais
Fonte: Bola na Rede

São dois dos defesas-centrais mais duros que já passaram pelo FC Porto. A quantidade de cartões amarelos e vermelhos de ambos é, no mínimo, um facto curioso. Ambos têm exatamente 23 cartões amarelos e 1 cartão vermelho ao serviço dos azuis e brancos. No entanto, Felipe tem mais jogos do que Pepe de dragão ao peito, o que faz com que o português tenha uma média maior de cartões amarelos por jogo. Felipe e Pepe acabam por ser a prova viva de que os centrais têm de jogar “durinho”.

A maior diferença entre os dois acaba por ser a idade com que chegaram ao FC Porto. Felipe chegou proveniente do SC Corinthians com 27 anos, ou seja, chegava já como um jogador com maturidade, pronto para mostrar o seu melhor futebol e assentar como titular. Já Pepe chegou à cidade Invicta com 21 anos oriundo do CS Marítimo e era um jogador ainda em fase de evolução e com muito para aprender. Tendo em conta que saiu do FC Porto para o Real Madrid CF com 23 anos, obviamente que não conseguiu alcançar todo o seu potencial como alcançara em Madrid.

Felipe fez o jogo 100 pelo FC Porto frente ao SL Benfica
Fonte: FC Porto

A nível de palmarés, em dois anos de FC Porto (e uma época a decorrer), Felipe conquistou apenas uma Liga Portuguesa e uma Supertaça Cândido de Oliveira. Infelizmente, o brasileiro chegou numa altura em que o FC Porto se reconstruía de forma a conquistar títulos tal como acontecia no passado, ou seja, tal como acontecia no período em que Pepe militava nos Dragões. Képler Laveran Lima Ferreira, mais conhecido por “Pepe”, conquistou duas Ligas Portuguesas, uma Taça de Portugal, duas Supertaças Cândido de Oliveira e uma Taça Intercontinental. Algo de monstruoso para apenas três anos a jogar no Estádio do Dragão.

Anterior1 de 3Próximo

Comentários