logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

Galeno: Bom filho à casa torna! | FC Porto

Wanderson Galeno regressou ao FC Porto no último dia da janela de transferências de janeiro. O extremo de 24 anos, vindo do SC Braga, assinou um contrato válido até junho de 2026 e vai envergar a camisola com o número 13. Custou, segunda a imprensa nacional, cerca de nove milhões de euros aos cofres azuis e brancos, por 50% do passe, tendo em conta que os azuis e brancos, aquando da venda aos minhotos, garantiram 50% de futuras mais-valias da venda.

O FC Porto foi quem abriu as portas do futebol europeu a este jovem proveniente do Brasil, corria então o ano de 2016. Seguiu-se uma época e meia de grande nível pela equipa B, onde apontou 18 golos e 16 assistências, números que o fizeram ser chamado à equipa principal, estreando-se mesmo a marcar num jogo da Taça de Portugal.

Tudo isto não foi o suficiente para consolidar o seu lugar no plantel portista e foi então que surgiu um empréstimo ao Portimonense. Talvez a sua época com menos fulgor, no Algarve somou poucos minutos, não conseguiu fazer o gosto ao pé e despediu-se com apenas duas assistências.

Ainda sem conseguir conquistar o seu lugar no Dragão, sai em novo empréstimo, mas desta vez para Vila do Conde para representar o Rio Ave.

Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

Desta vez sim, a Primeira Liga já pôde provar um pouco daquilo que este jovem tinha para dar, nove golos e dez assistências foram os números que convenceram Sérgio Conceição a chamar Galeno para a pré-época do FC Porto, tendo mesmo sido apresentado como jogador do plantel principal em 2019/20. Tinha tudo para ser uma das grandes apostas dessa época.

Contudo, algo alheio aos adeptos, talvez relacionado com alguma imaturidade e falta de compromisso do jogador, levou a que Conceição prescindisse dos seus serviços e o clube vendeu metade do seu passe ao SC Braga por três milhões e meio.

Dois anos e meio foi quanto durou a estadia de Galeno na cidade minhota, e que estadia, diga-se de passagem. O jovem extremo ganhou maturidade, capacidade de decisão, experiência de Primeira Liga, experiência europeia e até somou títulos para o seu palmarés, uma Taça da Liga em 2019/20 e uma Taça de Portugal em 2021.

Tudo isto foi colmatado com uns brilhantes 24 golos e 25 assistências. Um dos jogadores mais decisivos da turma bracarense regressa ao Dragão um jogador completo e pronto para ajudar a fazer esquecer a grande perda que foi a de Luis Díaz, lutando pela lateral esquerda com Pêpê.

O treinador, nesta segunda passagem pelas suas mãos, terá um jogador feito, com velocidade, boa capacidade de drible, capacidade de decisão no último terço do terreno e com bom remate colocado de fora de área.

Como diz o ditado português, “há males quem vêm por bem”.

Licenciado em Ciências da Comunicação, o Flávio sempre foi um amante do desporto e um fanático pelo futebol. Com uma passagem pelos quadros de formação do FC Felgueiras 1932, preferiu pendurar as botas mais cedo e ir em busca da sua formação académica. Acompanha assiduamente o futebol internacional e não falha um único jogo do seu grande FC Porto.

Licenciado em Ciências da Comunicação, o Flávio sempre foi um amante do desporto e um fanático pelo futebol. Com uma passagem pelos quadros de formação do FC Felgueiras 1932, preferiu pendurar as botas mais cedo e ir em busca da sua formação académica. Acompanha assiduamente o futebol internacional e não falha um único jogo do seu grande FC Porto.

FC PORTO vs CD TONDELA