FC Porto | Os laterais também sabem marcar golos

    Apesar de não ser uma posição óbvia de onde provém muitos golos, O FC Porto tem tido uma série de laterais que tem feito a diferença na área adversária.

    Alex Telles tornou-se recentemente o defesa lateral com mais golos ao serviço da equipa da Invicta. O brasileiro tem sido dos jogadores mais consistentes ao longo das suas quatro temporadas com o Dragão ao peito e tem cada vez acrescentado mais golos ao seu jogo.

    O domínio e favoritismo que o FC Porto normalmente tem nos jogos são também fatores que levam à necessidade de alas atacantes, já que são estes que muitas vezes fazem o flanco inteiro.

    Dessa forma, neste Top BnR, iremos fazer uma viagem pelos cinco laterais que mais vezes conseguiram faturar de azul e branco.

    5.

    Fonte: UEFA

    Miguel Layún – Com onze golos, o mexicano garante o seu lugar neste top-5. O antecessor de Alex Telles na posição de lateral-esquerdo destacou-se ainda mais pelo lado das assistências, mas conseguiu na mesma um número bem respeitável no que diz respeito aos golos. Aquando da chegada do brasileiro perdeu o lugar na esquerda, ainda tentou a sua sorte na ala direita e mais à frente no terreno mas acabou por não resistir à forte competição no plantel.

    - Advertisement -

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Raúl Jiménez disputado por 3 equipas

    Raúl Jiménez é jogador do Fulham de Marco Silva....

    Benfica paga 150 mil euros por jovem promessa

    O Benfica vai gastar 150 mil euros na contratação...

    Bayern Munique investe 30 milhões de euros em defesa central

    O Bayern Munique vai pagar a cláusula de rescisão...

    Mudança de João Félix para o Barcelona tem forte apoiante

    João Félix passou a última temporada no Barcelona, por...

    Chico Lamba deixa o Sporting e assina pelo Arouca

    Chico Lamba é reforço confirmado pelo Arouca. O defesa-central...
    Alexandre Matos
    Alexandre Matoshttp://www.bolanarede.pt
    O Alexandre é um jovem que estuda Ciências da Comunicação no Porto. Apaixonado por tudo o que seja desporto, encontra a sua maior obsessão no futebol. Como não tinha grande jeito para jogar, decidiu que o melhor era apostar no jornalismo desportivo. Amante incondicional de bom futebol, não tem medo de dar a sua opinião nem de ser polémico. Sendo qualidades inerentes à profissão que deseja exercer no futuro, rege-se pela imparcialidade e pelo critério jornalístico na sua escrita.