Agora é oficial: o FC Porto anunciou esta segunda-feira a contratação de Chancel Mbemba, defesa-central de 23 anos que rubricou um contrato de quatro épocas com os dragões. O valor da transferência não foi tornado público mas, ao que o Bola na Rede conseguiu apurar, o FC Porto teve de desembolsar cerca de sete milhões de euros para garantir Mbemba.

Mbemba, internacional pela República Democrática do Congo, iniciou a carreira profissional no RSC Anderlecht, onde de resto completou a formação. Seguiu depois o Newcastle FC, equipa que representou durante três épocas, e aos 23 anos aterra na Invicta para reforçar o eixo central do conjunto de Sérgio Conceição, que ficou órfão das saídas de Marcano, Reyes e Osório, este último por empréstimo.

«Vou dar o máximo de mim com esta camisola. É uma grande felicidade para mim. Toda a gente conhece o FC Porto, um grande clube. Lembro-me de estar em África e ver o FC Porto a vencer a Liga dos Campeões e recordo-me dos grandes jogadores que passaram por aqui. Estou muito contente por assinar pelo FC Porto», disse o jogador, citado pela nota dos dragões.

A estrutura do FC Porto confia no potencial de Mbemba
Fonte: FC Porto

Qualidade técnica, poderoso fisicamente, facilidade de passe, capacidade na primeira fase de construção, joga com a mesma qualidade como central pelo lado direito ou esquerdo e em recurso pode também fazer de defesa direito e esquerdo. Um verdadeiro reforço que vai ser muito útil a Sérgio Conceição podendo fazer um excelente dupla com Felipe. Apesar dos seus 23 anos conta já com uma vasta experiência, internacional por 42 vezes pela sua seleção onde aliás é capitão de equipa, 42 jogos realizados na Premier League e 11 jogos na Champions League.

Anúncio Publicitário

Os reforços para o setor defensivo dos azuis e brancos não vão ficar por aqui. Éder Militão vai ser anunciado brevemente e a chegada de um defesa esquerdo não está colocada de parte. Com estes reforços e partindo do pressuposto que nenhum dos indiscutíveis é transferido, o FC Porto dificilmente deixará fugir o bicampeonato.

Foto de Capa: FC Porto

artigo revisto por: Ana Ferreira

Comentários

Artigo anteriorWWE Evolution: Um passo gigante na revolução feminina!
Próximo artigoPerdidos no tempo: Javi García
É um eterno apaixonado por desporto, tem no futebol a sua maior paixão. Desde muito jovem que se dedica ao estudo e à análise de todas as vertentes futebolísticas. Foi treinador no futebol de formação, e atualmente colabora na área do “scouting". Apaixonado pelo jornalismo desportivo, é adepto do FC Porto e no futebol internacional tem simpatia pelo Barcelona.                                                                                                                                                 O Luís escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.