Após mais uma jornada disputada, FC Porto e SL Benfica carimbaram as vitórias nos respetivos encontros e mantêm a luta pelo título na mesma, quando faltam sete jornadas para o fecho da Primeira Liga.

O FC Porto foi o primeiro a entrar em campo, na Pedreira, onde se cumpriram 90 minutos de nervosismo. Apesar das duas falhas que resultaram em dois golos bracarenses, o FC Porto regressou à Invicta com os três pontos e com a liderança provisória.

Anúncio Publicitário

No último jogo do dia, o Benfica recebeu o Tondela, que havia ganho na Luz na última época, e venceu, num jogo em que valeu Seferovic, que havia saído do banco, aos 84 minutos, para desfazer o nulo no marcador.

A luta mantém-se, assim, acesa pelo título, com as duas equipas a somarem 66 pontos mas com vantagem das águias no topo da classificação, devido ao confronto direto entre as duas equipas.

Para jogar faltam sete jogos, sete finais, que determinarão o campeão nacional da época 2018/2019.

Seferovic resolveu já perto do fim e devolveu o primeiro lugar ao SL Benfica
Fonte: SL Benfica

O FC Porto enfrenta, na próxima jornada, o Boavista, naquele que é o dérbi da Invicta e um jogo tradicionalmente duro, físico e exigente para os azuis e brancos.

Segue-se uma deslocação a Portimão, para defrontar o Portimonense, que já roubou pontos a Sporting e Benfica no Algarve. Santa Clara no Dragão após vários anos, uma deslocação tradicionalmente difícil a Vila do Conde para defrontar o Rio Ave, a receção ao CD Aves, uma ida à Choupana para defrontar o Nacional e, por fim, o clássico com o Sporting no Dragão para fechar o campeonato.

Este será o caminho dos azuis e brancos que os adeptos portistas esperam ver rematado com ouro sobre azul e a taça de Bicampeão Nacional.

Já o SL Benfica desloca-se à Feira, na próxima semana, para defrontar o lanterna vermelha Feirense, que se encontra na busca desesperada por pontos e já marcou ao FC Porto e Sporting em sua casa.

Seguem-se uma receção ao Setúbal e outra ao Marítimo, que antecedem o desafio, à partida, mais difícil para as águias : a deslocação a Braga. Com o SC Braga sem poder vacilar para não ver o terceiro lugar fugir para o Sporting CP, adivinha-se um embate exigente para os encarnados, à semelhança do que foi a vitória do FC Porto no mesmo terreno nesta jornada.

Uma receção ao Portimonense, uma deslocação que nos últimos anos se tem confirmado de elevada dificuldade a Vila do Conde, para defrontar o Rio Ave e o fecho do campeonato em casa, diante do Santa Clara.

A depender só de si, o Benfica está proibido de falhar, a menos que o FC Porto também perca pontos, se quer voltar a conquistar o Campeonato Nacional.

Adivinham-se sete jornadas de grandes emoções, com as duas equipas a defrontarem formações que precisam de pontuar para se manter na primeira divisão, com jogos em terrenos que já se revelaram prejudiciais no passado e com tudo para se decidir até Maio, onde só um, FC Porto ou SL Benfica, fará a festa mais desejada pelos adeptos de ambos os clubes.

Foto de Capa: FC Porto

artigo revisto por: Ana Ferreira