Nanú vive tempos complicados na Invicta, na presente época ainda não somou qualquer minuto e são raras as vezes que se senta no banco de suplentes. Tem sido um espectador assíduo do FC Porto na bancada.

Mesmo assim, sem jogar, continua a merecer a total confiança do seu selecionador nacional e é chamado para todos os compromissos da Guiné-Bissau, nos últimos cinco jogos somou sempre os 90 minutos. Muito provavelmente é o que lhe vale para manter a forma física e a motivação.

Anúncio Publicitário

Nanú soma mais minutos na seleção do que no clube

O ala guineense tem como principal característica a velocidade, o que lhe permite ser um bom desequilibrador. Sabe impor o físico e é bom na abertura de espaços, sendo uma mais-valia no desempenho de qualquer papel na ala direita, seja a defesa ou extremo.

Seria um jogador ideal para um esquema tático de três centrais, onde as laterais são ocupadas por alas completos e preparados para ocupar todo o corredor.

Posto isto, Sérgio Conceição não parece ser grande fã das suas qualidades, e para a sua posição preferiu adaptar dois extremos (João Mário e Corona) do que dar-lhe uma oportunidade.

Até concordo que, atualmente, Nanú não tire o lugar a João Mário, mas uma vez que o mister também não aposta em Tomás Esteves e relegou W. Manafá para suplente do lado esquerdo, Nanú parece ser uma melhor alternativa que a adaptação de Corona.

Tecatito é um tecnicista, um desequilibrador nato, e um jogador desse calibre encostado cá atrás com missões defensivas, é a morte do artista.

O internacional guineense é um jogador perigoso, uma arma secreta que pode ser utilizada a partir do banco. Testemunhamos alguns jogos onde os Dragões tiveram dificuldades em perfurar as defesas contrárias, e nessas ocasiões uma flecha do lado direito poderia ter sido a solução.

Nanú FC Porto
Fonte: Diogo Cardoso / Bola na Rede

Contudo, se até janeiro o jogador continuar numa escassez de oportunidades, o ideal seria mesmo o empréstimo, isto porque, tem qualidade mais que suficiente para jogar a titular na maior parte dos clubes da Primeira Liga Portuguesa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome