É já no próximo domingo que FC Porto e SL Benfica voltam a enfrentar-se em jogo a contar para a Liga Portuguesa. Os adeptos de ambos os clubes e os amantes do futebol esperam ansiosamente pelo Clássico que se avizinha e apesar de ainda nos encontrarmos numa fase precoce do campeonato (7.ª jornada), este será um jogo que promete ser intenso do primeiro ao último minuto.

O Estádio da Luz será o primeiro palco de um de dois Clássicos a serem disputados nesta época para o campeonato e colocará frente a frente os atuais segundos (FC Porto) e terceiros (SL Benfica) classificados do campeonato.

Numa semana repleta de emoções e de ânsia para que chegue o Clássico, recordámos o último embate das duas equipas, de boa memória para os dragões.

Herrera foi o herói do Clássico da época passada
Fonte: FC Porto

Na entrada para a jornada 30 da temporada passada, SL Benfica e FC Porto estavam no topo da tabela classificativa, com os encarnados a liderarem com 74 pontos face aos 73 pontos dos dragões. Os azuis e brancos chegavam ao Clássico depois de terem perdido dois jogos sucessivos fora de casa, primeiro frente ao Paços de Ferreira e depois frente ao Belenenses.

Os dragões não lideravam a tabela classificativa por culpa própria e as fracas exibições nas últimas jornadas disputadas faziam prever um desfecho infeliz no embate frente aos encarnados. Mas tal não aconteceu!

Num jogo em que o equilíbrio predominou, com o SL Benfica a dominar o primeiro tempo e o FC Porto o segundo e quando o empate parecia ser o resultado incontornável, eis que surge o golo do herói improvável. “A redenção de Herrera” como muitos apelidaram com o mexicano a oferecer a liderança e o título aos azuis e brancos. Herrera desfez todas as críticas e dúvidas com recurso à bomba, num remate certeiro fora da área aos 90 minutos.

O golo tardio aos rivais eternos, bem como a conquista da liderança a tão poucas jornadas do fim, tiveram um sabor especial e ainda hoje os adeptos recordam esse jogo com um sorriso na cara, naquele que foi um dos melhores momentos da história recente do FC Porto. Será que no domingo, o filme voltará a repetir-se?

Foto de Capa: The 18

Artigo revisto por: Jorge Neves

Comentários