Fábio Silva fez história no jogo frente ao SC Coimbrões (mais uma vez), a contar para a 3º pré eliminatória da Taça de Portugal, onde se tornou no jogador mais jovem de sempre a marcar pela equipa principal do FC Porto. E conseguiu esta proeza com apenas 17 anos, 5 meses e 2 dias.

Este marco é mais uma das marcas que o futebolista já conseguiu bater no decorrer da presente época, onde já contem o título do jogador mais jovem de sempre a atuar pelos dragões, tanto nas competições nacionais como nas internacionais. Por um lado, conseguiu o primeiro objetivo na sua entrada frente ao Gil Vicente FC, 1º jornada da Liga NOS. Por outro lado, atingiu o outro fim com a titularidade concedida contra o Berner Sport Club Young Boys, na partida inaugural do grupo G da Liga Europa.

Porém, a promessa azul e branca já está habituada a este tipo de pressão ou não tivesse atuado na temporada passada nos sub-19 do FC Porto, com idade de juvenil, e mesmo assim ter contabilizado 33 golos em todas as partidas que disputou. Todos estes dados do passado recente e do presente fazem dele, com apenas 17 anos, uma das maiores promessas que o Olival já produziu. Deste modo, os adeptos portistas estão cada vez mais confiantes sobre o que aí vem da parte de Fábio Silva e depositam grandes esperanças, que o futuro do clube passa por ele. Todavia, não são só os adeptos do FC Porto ou que acompanham a Liga NOS, que partilham a mesma opinião, dado que já saíram noticias, nos órgãos de comunicação desportiva, que clubes como o Juventus FC, o Club Atlético de Madrid  ou até mesmo o Real Madrid CF estão prontos para o levar a rumar a outras paragens que não o Estádio do Dragão.

 

Fábio Silva tem qualidade acima da média para a sua idade
Fonte: FC Porto

Com isto, o atleta português entra já para um quadro restrito de jogadores e preenche mais uma página de ouro na história dos azuis e brancos. Assim, o filho mais novo do ex-jogador Jorge Silva, que se destacou pelo Boavista FC, destronou Rúben Neves como o mais jovem de sempre a marcar pelo FC Porto, que tinha fixado o recorde nos 17 anos, 5 meses e 3 dias. Por agora, o foco de Fábio Silva passa por consolidar estes primeiros passos no futebol sénior, enquanto que a formação orientada por Sérgio Conceição espera que a sua promessa cumpra os 18 anos de idade para o “blindar” com um contrato digno do seu potencial e afastar um pouco os tubarões europeus da sua rota!

Foto de capa: FC Porto

Artigo revisto por Diogo Teixeira

Comentários