Aproxima-se mais um grande clássico do futebol nacional. Embora não seja a contar para o campeonato, Sporting CP e FC Porto disputam um lugar na final da Taça da Liga, competição com algumas boas memórias para os leões e péssimas recordações para os comandados de Sérgio Conceição.

LEÕES E DRAGÕES EM BUSCA DE MAIS UMA FINAL DA TAÇA DA LIGA? APOSTA JÁ NA BET.PT!

A verdade é que na edição do ano passado, nenhum destes dois clubes venceu a competição. Para o Sporting CP ficam as recordações de anos anteriores. Para o FC Porto nem isso. Este artigo destina-se ao ponto mais forte da equipa de Rúben Amorim e que serve de aviso para os azuis e brancos.

Na minha opinião, entre muitos pontos que se sobressaiam no Sporting CP, eu escolheria sem dúvida as apostas rentáveis e certeiras em jogadores que tem um desempenho acima da média.

Dito desta forma até pode ser difícil de compreender, mas passo a explicar da melhor maneira. A transição da época transata para a atual prometia não ser nada fácil para o Sporting CP. Era uma equipa com uma ressaca do quarto lugar que podia levar à saída da Europa (e acabou por levar), com uma grande contestação nos ombros (levando a que fosse vista por quase todos como um outsider deste campeonato), e que começava a ter alguns problemas financeiros decorrentes também do fracasso desportivo do ano passado.

Anúncio Publicitário
Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

O ponto forte que escolhi acaba por se interligar com algumas debilidades financeiras do Sporting CP para conseguir contratar grandes nomes para a equipa.

A verdade é que, mesmo com algumas condicionantes para mergulhar de cabeça no mercado de transferências, o clube conseguiu contratar e apostar em nomes que outras equipas não se lembraram e que muito provavelmente se arrependem de não ter olhado com mais atenção.

O segredo foi sempre a aquisição de percentagens de passe ou empréstimos de alguns bons jogadores que na realidade são excelentes jogadores. Por outro lado, apostas em jogadores da casa que ainda eram desconhecidos do panorama nacional, mas que atualmente são apontados a alguns gigantes do futebol europeu. Este é muito provavelmente o maior mérito do Sporting CP nesta época e de Rúben Amorim que deu palco a jogadores que brilham cada vez mais de leão ao peito.

Este ponto forte que escolhi para o Sporting CP pode ser justificado com alguns casos específicos. O primeiro que vos falo é Pedro Gonçalves, mais conhecido por Pote. É verdade que já se sabia que era um jogador diferenciado, mas daí a já ser apelidado como “novo Bruno Fernandes” não era algo expectável. Trata-se de um elemento fulcral para o desenvolvimento do futebol ofensivo de Rúben Amorim e marca de todas as maneiras e feitios, o que é reflexo de um jogador que aparece em todo o lado. Foi contratado ao FC Famalicão por 6,5 M em troca de 50% do passe. Um mero exemplo do que referi acima. São só 12 golos na Liga até ao momento.

O Sporting CP não teve grandes gastos por um jogador que quase ninguém conhecia e que é o melhor lateral direito da Liga Portuguesa.
Pedro Gonçalves é o melhor marcador do Sporting CP nesta temporada até ao momento
Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

Outro exemplo é Pedro Porro, que veio por empréstimo do Manchester City FC. O Sporting CP não teve grandes gastos por um jogador que quase ninguém conhecia e que é o melhor lateral direito da Liga Portuguesa.

António Adán é apenas mais um caso. O guarda-redes espanhol veio a custo zero do Club Atlético de Madrid e é uma das principais figuras da equipa esta época. Tem salvo o Sporting CP muitas vezes, sendo mais um indiscutível que poucos conheciam.

Para concluir, lanço para a mesa nomes como Nuno Santos, Tabata, Nuno Mendes e Tiago Tomás. Os primeiros dois representam mais duas aquisições de baixo custo que prometem explodir a qualquer momento. Já os últimos dois nomes encaixam no ponto forte deste Sporting CP, a aposta acertada em jovens da formação que já são apontados a outros grandes palcos.

Fica assim este dado lançado que serve como aviso para o FC Porto. As apostas rentáveis e certeiras da equipa verde e branca são sem dúvida uma ameaça. O clássico está à porta e só um pode seguir em frente na conquista da Taça da Liga 2020/2021.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome