Querido Pai Natal,

No ano passado, esqueceste-te de parte do nosso pedido. Achamos que não nos portamos assim tão mal durante esse ano para não te lembrares das nossas prendas. Ainda assim, continuamos a acreditar que este ano vais lembrar-te de nós e trazeres as prendas que tanto queremos. Agradecemos do fundo do coração por teres ajudado o Nuno Pinto a conseguir a maior vitória dele. Foi, de facto, a única prenda que nos trouxeste e, sem qualquer dúvida, foi a melhor.

É verdade que, por vezes, podemos fazer birras. Faz parte de nós, pois não estamos habituados a não ganhar. Se não te lembrares de nós, claro que ficamos tristes e chateados. Por isso, pedimos-te que, nesta época de 2019/2020, não fiquemos revoltados. Pedimos-te vitórias, Pai Natal. E não se trata do Rui Vitória, não te confundas. Trata-se de triunfos nacionais e internacionais. Queremos vencer o campeonato, essa é a maior prenda que nos poderias dar. E sim, sabemos que da última vez que vencemos a Primeira Liga incendiámos o hotel onde estavam alojados os craques mas lembra-te que não foi propositadamente. Sabemos que estamos a quatro pontos do primeiro lugar, mas um empurrãozinho com o teu trenó pode levar-nos rapidamente para o topo da tabela e ajudar a manter a liderança até maio.

Não te esqueças também da Liga Europa. Foi uma festa incrível na nossa cidade com os nossos adeptos. Temos a certeza que tens saudades disso. Queremos desfilar com a taça da Liga Europa outra vez este ano. Até ficamos emocionados a recordar esses tempos e imaginá-los num futuro próximo. Se quiseres, até podes fazer uma final portuguesa outra vez. Seria um espetáculo vencer uma Liga Europa frente ao SL Benfica, não achas?

Anúncio Publicitário
Pai Natal, as saudades de ter uma destas na mão já apertam…
Fonte: FC Porto

Como pedir não custa, lembra-te das taças internas que ainda podemos conquistar. A Taça de Portugal já nos foge desde 2011. O que é que tu tens andado a fazer? Estivemos muito perto no ano passado mas não temos sorte com os penáltis. Espero que não tenha sido obra tua a favor do Sporting CP, pois nós merecíamos mais. Não te custa nada trazer mais uma Taça de Portugal para o nosso museu. Pensa bem nisso. Outro presente em que nos falhaste foi a conquista da Taça da Liga. É aquela prenda que nunca nos deste e, bem lá no fundo, queremos tê-la, por sermos um clube com mentalidade vencedora. Mais uma vez, acho que andas a enviar as prendas com o endereço errado, porque também foram para os lados de Alvalade. Sabemos que neste Natal temos que ser solidários com os outros, mas daí a enviares duas prendas para o mesmo clube…

E não ficamos por aqui. Claro que para termos tudo isto, é sempre melhor com uma boa prática do futebol. Pedimos-te exibições mais vistosas, algo que temos vindo a perder. Tens que enviar uma estrela guia ao nosso mister Sérgio Conceição para encontrar a estratégia ideal. E um desejo em especial nosso, é um dos pedidos que o nosso presidente Jorge Nuno Pinto da Costa também já fez: a construção de uma academia para a nossa formação. É um presente muito importante para o presente e o futuro do nosso clube.

Por último, e mais importante que tudo, pedimos-te a paz, tanto no futebol como no mundo. De ano para ano cria-se cada vez mais um clima de ódio no desporto-rei, principalmente em Portugal. Espero que lembres os nossos adeptos e todos os outros adeptos de outros clubes que podemos viver um desporto tão bonito sem violência, seja ela física ou verbal. Só podemos ver o lado bom do futebol se o cultivarmos, e é isso que tem feito falta no nosso futebol, mas o mesmo serve para o mundo. Se todos os seres humanos, neste Natal, cultivarem o bem, de certeza que receberão algo muito maior. Não te esqueces de nós este ano, pois não Pai Natal? Feliz Natal para ti, para todos os portistas e para todos os outros que não têm um bom gosto tão apurado como o nosso.

Foto de Capa: Mística azul e branca

Artigo revisto por Diogo Teixeira