Um mercado de inverno que até ao momento tem sido muito “quentinho” no dragão. Depois de Fernando Andrade agora é a vez de Pepe ser anunciado como reforço dos azuis e brancos. É caso para dizer, “o bom filho a casa torna”. Aos 35 anos o internacional português regressa ao FC Porto para ajudar o clube a conquistar todas as provas internas e a fazer uma “gracinha” na Liga dos Campeões. Pepe assinou até 2021.

O internacional português representou os dragões entre 2004 e 2007 onde conquistou dois Campeonatos, uma Taça de Portugal e duas Supertaças. Realizou 89 jogos de dragão ao peito tendo apontado oito golos. Em 2007 transferiu-se para o Real Madrid a troco de 30 milhões de euros. Apesar dos seus 35 anos é ainda o melhor central português e um dos melhores do Futebol Mundial. Uma grande movimentação de mercado por parte do FC Porto.

O FC Porto possui a melhor defesa do Futebol Português e, com a chegada de Pepe, o patamar de qualidade sobe ainda mais o que, na minha opinião, torna o setor defensivo dos azuis e brancos dos mais fortes no panorama Europeu. Alem de precaver uma eventual saída de Éder Militão permite a Sérgio Conceição deslocar o jovem internacional brasileiro para o lado direito e formar a dupla de centrais com Pepe e Felipe. Alternativas e variantes que dão ao treinador portista mais armas para atacar as várias frentes.

Pepe é um verdadeiro reforço para Sérgio Conceição
Fonte: FC Porto

Até ao final de janeiro acredito que mais alguns ajustes aconteçam no plantel portista. É preciso “emagrecer” o plantel e dar minutos a alguns jovens talentos como Diogo Leite e André Pereira, por isso, acredito que sejam emprestados a clubes da Primeira Liga. É possível que mais uma ou duas contratações possam ser feitas neste mercado, o encaixe financeiro proveniente da Liga dos Campeões permite outro desafogo e se, surgir uma boa oportunidade de negócio, acredito que o FC Porto não vai hesitar. Eliminar a AS Roma e atingir os quartos-de –final da Liga dos Campeões é perfeitamente possível e isso está na mente da estrutura portista.

A próxima época tem de começar já a ser preparada e as contratações de Pepe e Fernando Andrade são excelentes opções no presente mas que já são vistas e pensadas como estruturais para a próxima época. As renovações de Herrera e Brahimi parecem praticamente impossíveis mas a continuidade de Casillas é possível e desejável e é um dossier para tratar rapidamente.

Foto de Capa: FC Porto

Comentários