fc porto cabeçalhoA equipa de Sérgio Conceição continua numa senda extremamente positiva. Depois de dois jogos onde o grau de dificuldade era elevado a equipa voltou a responder a grande nível com duas vitórias diante do SC Braga e do Sporting CP. As exibições foram consistentes e o FC Porto é neste momento com alguma distância a melhor equipa em Portugal.

O mercado de inverno foi abordado de uma forma inteligente, com o plantel a ser reforçado em posições que de certa forma estavam carenciadas, tornando assim o plantel ainda mais competitivo. Neste momento, o FC Porto é a única equipa na Europa que ainda não sofreu derrotas nas competições internas. Este é um dado revelador da magnífica época que a equipa de Sérgio Conceição esta a realizar.

Nos últimos jogos o treinador portista não pôde contar com dois pilares da equipa, Marcano e Danilo. As soluções encontradas deram respostas extremamente positivas quer no contexto individual quer na resposta coletiva da equipa. A dupla formada por Herrera e Sérgio Oliveira respondeu a grande nível. Sérgio Conceição tem conseguido potenciar ao máximo o rendimento individual de vários jogadores: Ricardo Pereira é neste momento o melhor defesa direito Português, Alex Telles está ao nível dos melhores defesas esquerdos mundiais, Herrera atingiu um nível que ainda não tinha mostrado de dragão ao peito, Sérgio Oliveira mantendo este nível é jogador de seleção, Marega é neste momento o jogador mais preponderante da estratégia tática de Sérgio Conceição, algo impensável há um ano atrás. Podia continuar com mais exemplos porque o mais difícil mesmo é encontrar algum jogador que tenha rendido pouco esta época.

Marega tem sido um jogador preponderante na estratégia do FC Porto Fonte: FC Porto
Marega tem sido um jogador preponderante na estratégia dos dragões
Fonte: FC Porto

Os desafios que se avizinham são grandes mas acredito plenamente que com esta qualidade de jogo, com a excelente gestão, quer física quer emocional, que tem sido feita, os resultados vão ser muito positivos. A nível interno a conquista da “dobradinha” é uma grande probabilidade. A nível externo a eliminatória contra o Liverpool FC é duríssima mas as fragilidades defensivas dos Ingleses podem ser exploradas e acredito numa passagem aos quartos-de-final.

Se com um investimento quase inexistente o FC Porto conseguir conquistar a “dobradinha”, Sérgio Conceição e esta política desportiva do clube podem mudar o paradigma do futebol em Portugal.

Anúncio Publicitário

 

Foto de Capa: FC Porto

artigo revisto por: Ana Ferreira