Faltam menos de 24 horas para a batalha entre Leões e Dragões ser travada, na jornada 17 da 85ª edição da Liga Portuguesa. O FC Porto tem nas mãos, este sábado, a possibilidade de se distanciar ainda mais na liderança em relação aos seus adversários diretos: Sporting CP, SC Braga e SL Benfica.

O objetivo dos azuis e brancos é alcançar a 19ª vitória seguida, aumentando assim o recorde de maior de série de vitórias seguidas já estabelecido, mas também distanciar-se em 11 pontos de diferença do Sporting CP (em caso de vitória). Quanto ao Sporting CP, com toda a certeza que vão querer redimir-se em frente aos seus adeptos depois da derrota por 2-1 na deslocação ao CD Tondela.

Num breve resumo histórico de confrontos entre as duas equipas, o FC Porto é quem leva a melhor, mas por muito pouco. Em 230 partidas jogadas, em casa, fora e campo neutro, a equipa da cidade Invicta conseguiu 85 vitórias, enquanto que o Sporting CP conta com 83.

Quanto a empates, as duas equipas levaram um ponto para casa 62 vezes. Não será, de todo, um jogo fácil para ambas as equipas. Quanto à estatística dos treinadores de ambas as equipas, Sérgio Conceição soma duas derrotas nesta temporada: frente ao SL Benfica e Vitória de Guimarães SC. Marcel Keizer totaliza 11 jogos no comando dos Leões e já igualou o número de derrotas do FC Porto em toda a temporada, perdendo também para o Vitória SC e contra o CD Tondela, como já acima referi. No entanto, o conjunto de Alvalade já sofrera 4 derrotas a contar para a Liga Portuguesa, contra o Portimonense SC e SC Braga.

O FC Porto procura a 19ª vitória seguida, depois de igualar o recorde nacional no último jogo
Fonte: FC Porto

O FC Porto chega a este jogo numa forma estrondosa. As 18 vitórias seguidas em todas as competições fazem deste FC Porto um dos melhores dos últimos anos e até José Mourinho já afirmou que se os azuis e brancos não perderem neste clássico, o título muito dificilmente lhes foge.

Yacine Brahimi tem vindo a fazer jogos acima da média, mesmo estando fisicamente desgastado. O argelino fez dois golos frente ao CD Nacional e conta já com 7 golos e 6 assistências em 25 jogos. Felipe, depois de estar castigado por acumulação de amarelos, está de volta aos convocados e muito provavelmente fará dupla com Militão. Pepe, o mais recente reforço do FC Porto, já foi inscrito e poderá “estrear-se” já este sábado.

Aboubakar, Bruno Costa e Otávio ficarão de fora no encontro de amanhã. O Sporting CP está numa onda de resultados instável e será um jogo que pode mudar o rumo dos leões até ao fim da época.

Apesar das duas derrotas sofridas na era “Keizer”, caso a equipa da casa vença amanhã, os jogadores leoninos vão receber uma dose de confiança extra para os jogos que se seguem e fazer uma série de bons resultados. Battaglia ficará de fora por lesão e Acuña está castigado devido à acumulação de amarelos, sendo que Jefferson ou Lumor poderão assumir o seu lugar. Luiz Phellype foi chamado por Keizer e poderá ser opção.

O Sporting CP não perde em Alvalade há 14 jogos frente ao FC Porto e a procura da 19ª vitória seguida será uma missão complicada para a equipa nortenha. A última vitória dos dragões foi em 2008, nas grandes penalidades a contar para a Taça de Portugal. Ambas as equipas têm sofrido golos nos últimos jogos, por isso espera-se uma boa partida de futebol com as emoções e nervos à flor da pele que um clássico sempre proporciona.

Onzes Prováveis:
Sporting CP: Renan Ribeiro, Jefferson, Mathieu, Coates, Bruno Gaspar, Gudelj, Wendel, Bruno Fernandes, Raphinha, Bas Dost e Nani.

FC Porto: Casillas, Maxi Pereira, Militão, Felipe, Alex Telles, Corona, Herrera, Danilo Pereira, Brahimi, Marega e Tiquinho Soares.

FIGURA SPORTING CP

Bas Dost está de regresso aos convocados do Sporting CP
Fonte: Sporting Clube de Portugal

Bas Dost – Falhou o último jogo frente ao CD Tondela para estar a 100% para o clássico. O ponta-de-lança holandês é letal em frente à baliza, no entanto, nunca marcou ao FC Porto.

FIGURA FC PORTO

Brahimi teve uma primeira volta em grande nesta época
Fonte: FC Porto

Yacine Brahimi – Dois golos na última partida e um conjunto de oportunidades criadas faz do argelino a possível “Figura” deste clássico. Tem sido o melhor elemento do FC Porto.

Foto de Capa: FC Porto

Comentários