Não se pode dizer que a sorte tenha dispensado um sorriso de orelha a orelha aos dragões no sorteio da Liga Europa, que coloca no caminho do FC Porto: SC Young Boys (Suíça), Feyenoord (Holanda) e Glasgow Rangers FC (Escócia). Os dragões podem este ano ter falhado o acesso à Liga dos Campeões, mas os adversários que lhe aparecem pela frente são de um nível já bastante exigente.

Comecemos pelo SC Young Boys, atual campeão suíço, que venceu a última edição do campeonato com 20 pontos de vantagem sobre o  FC Basel. Os helvéticos têm um plantel de 27 jogadores, avaliado em 66,45 milhões de euros e contam com sete internacionais. Na formação suíça evoluem atletas bem conhecidos como o ex-Benfica Sulejmani e o lateral ex-FC Porto Saidy Janko. Hoarau, o ponta de lança francês de 35 anos será a figura da equipa, ao qual se juntam os nomes de Lotomba (lateral direito), Aebischer (médio centro), Fassnacht (médio direito), Spielmann (médio esquerdo), Ngamaleu (extremo), Assalé (ponta de lança com o valor de mercado mais alto do plantel) e o melhor marcador da equipa, o camaronês Nsame, que leva já cinco golos esta época. Os suíços foram eliminados do play off da Champions pelo FC Estrela Vermelha. O espanhol Gerardo Seoane é atualmente o técnico do SC Young Boys, que conta no palmarés com 13 campeonatos suíços e seis taças.

Da última vez que o FC Porto participou na fase de grupos da Liga Europa acabou por conquistá-la

Depois, os holandeses do Feyenoord serão, porventura, os oponentes de maior respeito. 15 vezes campeões e com troféus internacionais no museu (duas Taças UEFA e uma Taça Intercontinental), o Feyennord tem um plantel avaliado em 81,33 milhões de euros e é treinado pelo bem conhecido Jaap Stam. No plantel, o Feyenoord conta com o português Edgar Ié, sendo que o extremo holandês Berghuis é, neste momento, a grande figura da equipa. O sueco Larsson, o médio Leroy Fer e o lateral direito Karsdorp são os outros destaques da turma holandesa. O ponta de lança Jorgensen, dinamarquês de 28 anos, encontra-se neste momento lesionado, mas é outra das mais valias à disposição de Stam.

Por fim, os escoceses do Glasgow Rangers FC, treinados pelo consagrado Steven Gerrard, têm um plantel avaliado em 48,15 milhões de euros, com onze jogadores cedidos às respetivas seleções. Morelos, ponta de lança colombiano, é a estrela da companhia, que conta ainda com o experientíssimo Defoe no setor atacante. O capitão Tavernier é outra das pedras basilares do onze de Gerrard, assim como o central Goldson, o lateral Flanagan e o médio Steven Davis. O histórico escocês já conquistou 54 campeonatos e 33 taças.

Foto de capa: FC Porto

artigo revisto por: Ana Ferreira

Comentários