Anterior1 de 4Próximo

fc porto cabeçalho

Tiremos o foco, por um momento, das acusações do FC Porto ao Benfica que prometem manter animado este defeso, e falemos, enfim, sobre futebol. A cerca de dez dias de se iniciar oficialmente a época no Olival, ainda pairam muitas dúvidas sobre entradas, saídas e permanências, ainda que o problema, por esta altura, não mereça tanta preocupação como há um ano, quando se tinha um play off da Champions League para disputar.

As limitações financeiras são grandes e, face a isso, o jovem André Silva já deixou no Dragão quase 40 milhões de euros. Também em excedentários o FC Porto já conseguiu uma mais-valia de 11 milhões, entre vendas e dispensas. As contas começam a reequilibrar-se, mas ainda estamos longe do valor estipulado, que se cifra nos 115 milhões de euros.

Nesse sentido, parecem ainda inevitáveis as vendas de mais dois ou três ativos valiosos. Neste momento figuram nesta lista os nomes de Brahimi, Danilo, Herrera, Felipe, Layún, Marcano e Rúben Neves. A saída de Aboubakar também deverá permitir um bom encaixe, bem como as de Reyes e Indi, caso não convençam Sérgio Conceição. Outros casos como os de Casillas e Maxi Pereira merecerão uma atenção especial, podendo desafogar ainda mais as contas da SAD.

Lucho Gonzales deixa saudades aos portistas Fonte: FC Porto
Lucho ‘El Comandante’ Gonzales deixa saudades aos portistas
Fonte: FC Porto

Não é por falta de alternativas viáveis que estas operações não poderão concretizar-se. José Sá estará mais do que preparado para assumir a baliza azul e branca, e para a lateral direita está na altura de uma aposta forte em Ricardo Pereira (caso não seja vendido – 25 milhões da cláusula), bem como na continuidade de Fernando Fonseca e na promoção cuidada de Diogo Dalot.

Anúncio Publicitário

Mas é sobretudo ao nível das entradas que a apreensão cresce entre os adeptos. Vários nomes têm surgido nos últimos dias, com particular insistência para Pavón, extremo argentino que atua no Boca Juniors. É precisamente da Argentina que surgem rumores de interesse por parte do FC Porto em mais dois jogadores bastante promissores: Lautaro Martínez e Reynoso.

A aposta nos valores daquele país, de que são exemplo os casos de Lucho, Lisandro, Mariano González e Belluschi, sempre deu frutos e, por isso, é com agrado que vejo o FC Porto virar-se novamente para o mercado sul americano no sentido de reforçar o seu plantel.

Foto de Capa: FC Porto

Anterior1 de 4Próximo

Comentários