Com os problemas no centro da defesa portista, Diego Reyes tem tentando agarrar um lugar no onze de Sérgio Conceição, mas parece que ainda não foi desta que se conseguiu impor totalmente na equipa.

Com 22 jogos disputados nesta época e três golos marcados, um deles frente ao SC Braga e outro contra o Marítimo – golos importantes na caminhada do FC Porto para a conquista do campeonato nacional – o internacional mexicano tem vindo a apresentar um futebol mais seguro, demonstrando mais maturidade e agressividade em relação a épocas passadas, resultado dos consecutivos empréstimos ao RCD Espanhol e Real Sociedad FC.

As oportunidades têm vindo a surgir constantemente para o central portista, fruto da lesão de Marcano e da expulsão de Felipe ainda recentemente com o Liverpool. Nesse encontro entrou de forma segura com um corte importante aos 21 minutos, num período em que o FC Porto ainda mandava no jogo e aparentava um equilíbrio de forças que se esbateu pouco depois. Acabou, no entanto, por cair com a equipa na desorientação provocada pelos golos do Liverpool, à passagem da meia hora de jogo.

Apesar de apresentar um futebol mais seguro e atrativo, Reyes ainda não conseguiu convencer a massa azul e branca, cometendo, em certos momentos, erros a nível defensivo que nesta fase crucial da época não podem acontecer. E, neste aspeto, Marcano e Felipe apresentam claramente uma posição mais favorável no Dragão com exibições constantes de alto nível.

Primeiro golo da época para Reyes contra o Paços de Ferreira a contar para a Taça da Liga
Fonte: FC Porto

Com a montra da Liga dos Campeões aberta, o central pode também mostrar-se aos eventuais pretendentes europeus que podem surgir no final desta época, visto que Reyes encontra-se em final de contrato com o FC Porto e pode sair a custo zero.

Com a presença no mundial praticamente certa, Diego Reyes procura agarrar um lugar no onze dos dragões, mas as excelentes exibições dos seus concorrentes diretos não lhe avizinham tarefa fácil.

Foto de Capa: FC Porto

Comentários