A quatro jornadas do final do campeonato, o FC Porto mede forças com o Rio Ave FC, atual oitavo classificado. É mais uma deslocação, a penúltima esta temporada, mas a exigência é a mesma: a máxima. De um lado estará a equipa de Daniel Ramos que, depois de uma época controversa, atravessa uma das fases mais tranquilas.

Sérgio Conceição mantém o discurso de que a equipa tem apenas de estar focada e concentrada nos próprios jogos, mas em boa verdade as coisas não são assim tão lineares. É certo que o FC Porto precisa de vencer todos os jogos, mas também é certo que isso pode não ser suficiente, caso o SL Benfica não perca pontos.

Esta sexta-feira diante do Rio Ave FC, o treinador portista antevê dificuldades, consciente que a equipa de Vila do Conde está mais forte desde a chegada do treinador Daniel Ramos. Do outro lado, o técnico dos vilacondenses admitiu que a “luta pelo título” lhe passa ao lado, atirando a pressão para o lado dos dragões.

O apoio dos adeptos será fundamental nesta reta final
Fonte: FC Porto

O FC Porto chega a esta fase com seis vitórias consecutivas, já o Rio Ave FC soma três vitórias nos últimos seis jogos.

O favoritismo está do lado dos dragões, mas o fator casa pode ser preponderante. Em 49 jogos na I Liga, o Rio Ave apenas venceu dois jogos, com o último a ter acontecido em 2004… Já o FC Porto diante do Rio Ave FC já somou 35 vitórias.

Esta temporada, as duas equipas já mediram forças, na primeira volta, com o FC Porto a levar a melhor e a vencer por 2-1, com Brahimi, Marega e Vinícius a serem os autores dos golos.

Foto de Capa: Diogo Cardoso / Bola na Rede

artigo revisto por: Ana Ferreira

Comentários