A época ainda agora começou e as perdas já parecem irreversíveis. Uma entrada em falso no campeonato, com uma derrota surpreendente em Barcelos, foi só o início do descontentamento portista.

Quando tudo parecia encaminhado para os dragões marcarem presença na próxima pré-eliminatória da Liga dos Campeões, eis que surge mais um percalço. Uma derrota em casa frente ao FK Krasnodar, equipa fundada há cerca de onze anos. Uma derrota pesada, não só pelos números, mas pelas conclusões que se podem tirar.

Uma defesa que parece não ter norte, um meio-campo sem criatividade e um ataque sem pontaria. É o resumo de um dos piores arranques de temporada da história do FC Porto.

Sérgio Conceição tem sido alvo de várias críticas durante esta semana por parte dos adeptos
Fonte: Bola na Rede

O treinador Sérgio Conceição assumiu posição e disse prontamente que não é um problema para o clube. Se é ou não é, trata-se de uma questão que depende da perspetiva, mas o que é certo é que há ideias de jogo e jogadores que não têm correspondido. A equipa está diferente, o modelo de jogo tem de se adaptar às valências de cada um, mas falta entrosamento, qualidade e, acima de tudo, vontade de fazer a diferença.

Em todos os setores há problemas, há baixas e há falta de rendimento, mas o ataque tem tido destaque.

Foto de Capa: Bola na Rede

artigo revisto por: Ana Ferreira

Comentários