ÚLTIMA HORA:

Sérgio Oliveira

Sérgio Oliveira: Um até já capitão! | FC Porto

«Tenho de agradecer ao FC Porto, mas já eram cinco anos juntos» – Sérgio Oliveira

Foi no passado dia 12 de janeiro que foi oficializada a saída de Sérgio Oliveira do Dragão para a AS Roma de José Mourinho. Apesar de ser uma saída difícil de aceitar pela massa adepta azul e branca, é um negócio que há muito se previa e que já podia ter acontecido no verão por duas ocasiões (para a Fiorentina e também para a mesma AS Roma).

Os Dragões recebem 1,5 milhões pelo empréstimo e os Romanos ficam com cláusula de opção de compra não obrigatória de 13,5 milhões (mais cinco por objetivos). Se ficar, o médio tem à sua espera um contrato até 2026.

Sérgio Oliveira fez praticamente toda a sua formação no FC Porto a partir dos infantis, estreando-se nos seniores aos 17 anos e tornando-se, naquela época, o mais novo de sempre a ser titular pelos dragões num encontro oficial.

SU Sintrense FC Porto Sérgio Oliveira
Fonte: Sebastião Rôxo / Bola na Rede

Entre saídas e regressos, o médio passou pelo Beira-Mar, KV Mechelen, Penafiel, Paços de Ferreira, Nantes (treinado por Sérgio Conceição) e PAOK, regressando para se tornar titular indiscutível e uma das grandes figuras nas duas últimas épocas. Esta temporada, apesar de perder algum espaço, levava 24 jogos pelos dragões com cinco golos e uma assistência.

É um jogador que é difícil ver partir, contudo, como pretendia outros voos para a sua carreira, acaba por sair na melhor altura, isto porque o plantel possui jogadores capacitados para desempenhar a sua posição, nomeadamente Vitinha, uma das maiores promessas do plantel.

Para além de que o ano passado foi o destaque do plantel, sendo o melhor marcador, e este ano contamos com o despontar de Luis Díaz, que sucede com distinção o ex-capitão dos portistas.

Sérgio Conceição também reagiu à saída do médio internacional português: “A saída de Sérgio Oliveira? Desportivamente, é mau. Não gosto de perder nenhum jogador, nomeadamente jogadores com história no clube e no balneário. Mas eu falo do lado desportivo, depois há outras situações que me ultrapassam. Não sou dirigente”.

Ao todo, Oliveira, ganhou pelos azuis e brancos dois Campeonatos, duas Taças de Portugal e duas Supertaças e deixará para sempre a sua marca no coração do clube.

O mar azul continuará sempre a torcer por ti, estejas onde estiveres continuarás a ouvir: “jogas tanto, Oliveira”.

Até já Capitão!

Artigo revisto por Joana Mendes

Componente 5 – 1 (1)

Licenciado em Ciências da Comunicação, o Flávio sempre foi um amante do desporto e um fanático pelo futebol. Com uma passagem pelos quadros de formação do FC Felgueiras 1932, preferiu pendurar as botas mais cedo e ir em busca da sua formação académica. Acompanha assiduamente o futebol internacional e não falha um único jogo do seu grande FC Porto.                                                                                                                                                 O Flávio escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Licenciado em Ciências da Comunicação, o Flávio sempre foi um amante do desporto e um fanático pelo futebol. Com uma passagem pelos quadros de formação do FC Felgueiras 1932, preferiu pendurar as botas mais cedo e ir em busca da sua formação académica. Acompanha assiduamente o futebol internacional e não falha um único jogo do seu grande FC Porto.                                                                                                                                                 O Flávio escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

FC PORTO vs CD TONDELA

  • 00DIAS
  • 00HORAS
  • 00MINUTOS
  • 00SEGUNDOS
FC PORTO x ESTORIL PRAIA
SPORTING CP x SANTA CLARA
PAÇOS FERREIRA x SL BENFICA