Aos 28 anos, o cabo-verdiano Zé Luís tem feito as delícias dos adeptos portistas. É o reforço mais sonante do plantel, primeiramente por estar a corresponder às expectativas e depois porque tem estado de pé quente: cinco golos em cinco jogos. Um golo por jogo é um registo de assinalar.

O primeiro tento foi marcado num ato de esperança: frente ao FK Krasnodar, num jogo em que acordou a equipa, mas que ainda assim se tornou insuficiente para a passagem à liga milionária. No entanto, deixou no ar aquilo que melhor sabia fazer e, no jogo seguinte, voltou a dar ares de sua graça. Frente ao Vitória FC marcou um hat-trick, o que lhe valeu ser a figura do encontro e o tornou, até ao momento, o melhor marcador do campeonato. Para consolidar o bom momento, só mesmo um golo frente aos maiores rivais, o SL Benfica. Um começo de época de sonho que tem tudo para se manter.

Zé Luís está no seu melhor arranque de sempre
Fonte: Carlos Silva/Bola na Rede

Na equipa orientada por Sérgio Conceição o setor ofensivo sempre foi débil. As opções apareciam, mas não davam respostas. Os jogadores eram irregulares e os golos tornavam-se escassos. Apesar de ainda ser cedo para grandes constatações, a verdade é que o jogador tem mostrado talento, consistência e raça. Marca golos, assiste e não desiste. Sabe posicionar-se e é eficaz quando surgem as oportunidades. Independentemente do desfecho do mercado de transferências, o certo é que as possíveis saídas de alguns avançados podem já estar colmatadas com este reforço de peso.

Com passagens pelo Gil Vicente FC, SC Braga e, mais recentemente, pelo Spartak de Moscovo, o avançado tem-se destacado e tem mostrado ser uma boa opção para as necessidades do clube.

Foto de capa: Diogo Cardoso/Bola na Rede

Comentários