ÚLTIMA HORA:

Belenenses SAD x Arouca

Belenenses SAD 2-1 FC Arouca: Lisboetas voltam a conhecer o sabor da vitória

A CRÓNICA: BELENENSES SAD VOLTA AOS TRIUNFOS EM NOITE MARCADA PELA QUANTIDADE DE CARTÕES

No Estádio Nacional do Jamor, o Belenenses SAD recebeu o FC Arouca, duelo este a contar para a 17º jornada do campeonato. O último jogo do campeonato realizado no Estádio Nacional do Jamor ocorreu ainda no passado dia 12 de dezembro de 2021, duelo este onde o Belenenses SAD saiu derrotado, por 1-0, frente ao GD Estoril Praia.

Filipe Cândido, treinador da equipa da casa, executou algumas alterações relativamente à passada jornada, onde saiu derrotado frente ao FC Vizela, por 2-0. Já o treinador da equipa visitante, Armando Freitas, efetuou três alterações face ao onze inicial que sofreu uma pesada derrota frente ao SC Braga, por 6-0, na jornada anterior.

Na primeira parte, logo aos três minutos da partida, o avançado do FC Arouca, André Silva, choca com o guarda-redes da equipa da casa, Luiz Felipe, e, após o árbitro David Silva consultar o vídeo-árbitro, decide então expulsar o ponta de lança do FC Arouca. Um acontecimento que certamente influencia o rumo do jogo daqui para a frente, com a equipa visitante a ficar reduzida a dez jogadores. No entanto, no primeiro quarto de hora, o Belenenses SAD não conseguia assumir o controle do jogo, mesmo o FC Arouca estando com menos um homem, pelo contrário, era a equipa visitante que construía mais ataques. Os papeis então invertiam-se: aos 18 minutos, o defesa-central da equipa da casa, Thibang Phete, é expulso após segundo amarelo. Ainda que ambas as equipas estivessem apenas com dez jogadores, o jogo “equilibrava-se” novamente. Por via das expulsões, os jogadores encontravam-se num estado anímico conturbado, levando a que o jogo se tornasse muito físico, com bastantes duelos.

Destaque para uma oportunidade falhada por parte de Afonso Sousa, aos 33 minutos, de frente para o guarda-redes do FC Arouca, Victor Braga, que tapou completamente a visão ao médio português. Mas, como todo o adepto de futebol sabe, quando não se aproveita as oportunidades para faturar, sofremos o golo. E foi assim que aconteceu: aos 36 minutos, o defesa-central do FC Arouca, João Basso, cruza, e o recém-entrado Dabbagh cabeceia para dentro da baliza. A equipa visitante abria assim o marcador.

Na segunda parte, o Belenenses SAD entrou com outra estabilidade emocional: com um jogo muito mais racional em detrimento da emoção, conseguiam circulavam bem a posse de bola, todavia, eram incapazes de furar a boa organização defensiva da equipa visitante. O FC Arouca arriscava em contra-ataques perigosos, de destacar uma jogada muito bem executada que quase deu em golo, mas o médio-centro Leandro por pouco não acertou o alvo.

O Belenenses SAD tanto tentou que aos 71 minutos, o recém-entrado Nilton, marca e põe novamente a equipa da casa na disputa pela vitória. O jogo era ainda de muitos duelos físicos, somando-se ainda mais uma expulsão do lado do FC Arouca, desta vez de Dabbagh, o autor do golo inaugural.

Com a insistência do Belenenses SAD, aos 90+3, Abel Camará, aproveita a confusão na área, remata à baliza e coloca a equipa da casa na frente do marcador. Os adeptos vão ao delírio.

Num encontro que fica marcado por ter catorze cartões amarelos e dois cartões vermelhos, o Belenenses SAD, volta assim a somar pontos, algo que não ocorria desde 30 de outubro, jornada onde ganhou ao CD Santa Clara.

 

A FIGURA

Nilton – Entrou em campo e colocou o Belenenses SAD novamente em jogo. Jogou quase com um “infiltrado” no ataque da equipa da casa, executando vários movimentos ofensivos perigosos na segunda parte.

 

O FORA DE JOGO

Thibang Phete – De igual forma, poderia ter escolhido André Silva como o fora de jogo do encontro, porém, acredito que o precoce lance do avançado do FC Arouca, foi “sem intenção”, são choques que ocorrem num jogo de futebol. Já Thibang, mesmo com um amarelo na conta, não geriu bem o seu jogo e levou um segundo amarelo que originou a sua expulsão. O jogo estava a favor da equipa da casa, estavam com um homem a mais que o adversário, no entanto Thibang não teve esse fator em conta.

 

ANÁLISE TÁTICA – BELENENSES SAD

Como já é habitual, Filipe Cândido apostou num sistema de 3x5x2 e, por via da expulsão de Thibang Phete, alterou para um sistema com 4 defesas, com Safira a ser o “sacrificado” ao sair da frente de ataque para vir apoiar a defesa, fechando o flanco direito. O treinador procurou reentrar no jogo com a entrada de jogadores como Pedro Nuno e Nilton e, com muita insistência, conseguiu dois golos que deram o tão esperado retorno aos triunfos.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Luíz Felipe (6)

Tomás Ribeiro (6)

Tavares (6)

Chima (6)

Diogo Calila (6)

Lukovic (5)

Afonso Sousa (7)

Yaya (6)

Thibang Phete (3)

Camará (8)

Safira (7)

SUBS UTILIZADOS

Pedro Nuno (8)

Nilton (8)

Alioune Ndour (6)

 

ANÁLISE TÁTICA – FC AROUCA

Armando Freitas apostou num sistema de 4x2x3x1, tal como no jogo frente ao SC Braga. Com a expulsão de André Silva fez entrar Oday Dabbagh no lugar do médio-centro Pedro Moreira, mostrando intenção de “continuar a lutar pela vitória” ao fazer entrar um avançado. A equipa manteve-se sempre muito bem organizada e soube controlar todos os momentos do jogo, usando o contra-ataque como principal arma ofensiva. No entanto, a segunda expulsão mexeu com a organização da equipa, não conseguindo segurar o resultado.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Victor Braga (6)

Thales Oleques (7)

Basso (6)

Abdoulaye (7)

Quaresma (6)

Leandro (7)

Pedro Moreira (5)

Arsénio (5)

Eboue Kouassi (6)

Bukia (6)

André Silva (3)

SUBS UTILIZADOS

Oday Dabbagh (7)

Tiago Esgaio (6)

Adilio (5)

Pité (6)

 

BnR NA CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

Belenenses SAD

BnR: Fez entrar Pedro Nuno no jogo. Com estas alteração pretendia que a equipa conseguisse segurar mais a bola na frente, algo que não estava a conseguir na primeira parte?

Filipe Cândido: “Tenho pena de não ter feito essa alteração mais cedo, devido ao facto de expulsão precoce que tivemos. Era esse o nosso intuito com a entrada do Pedro, ter mais bola na frente e ser sim mais racionais na tomada de decisão. A expulsão veio estragar um pouco os planos, mas o Pedro ao entrar cumpriu aquilo que pedimos: procurou os espaços e geriu a nossa posse de bola na frente de ataque.

 

FC Arouca

BnR: Mesmo com uma expulsão precoce, o Arouca soube manter o estado anímico e continuar assim a lutar pelo resultado. Com a segunda expulsão sofrida, fez entrar jogadores como Pité em jogo. Acreditou que, mesmo com menos dois jogadores, ainda era possível vencer o encontro pela garra que a equipa vinha a demonstrar?

Armando Freitas: “Como disse, hoje não era o dia do Arouca. Pelas ocasiões de golo que ocasionamos, merecíamos outro tipo de resultado. A entrada do Pité veio para dar outra frescura ao ataque e, sim, procurar então o golo que nos dava a vitória. Mas hoje, simplesmente, não era o nosso dia.”

Componente 5 – 1 (1)

O Felipe é um jovem que estuda Jornalismo na Escola Superior Comunicação Social. Gosta sempre de dar a sua opinião quando de futebol se trata, atentando sempre para os mínimos detalhes que acontecem dentro de campo. É devoto do Porto, daqueles que conta os dias que faltam para o jogo. Vê o futebol como um livro recheado de particularidades únicas, onde várias opiniões diferentes compõem a história.                                                                                                                                                 O Felipe escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

O Felipe é um jovem que estuda Jornalismo na Escola Superior Comunicação Social. Gosta sempre de dar a sua opinião quando de futebol se trata, atentando sempre para os mínimos detalhes que acontecem dentro de campo. É devoto do Porto, daqueles que conta os dias que faltam para o jogo. Vê o futebol como um livro recheado de particularidades únicas, onde várias opiniões diferentes compõem a história.                                                                                                                                                 O Felipe escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA

  • 00DIAS
  • 00HORAS
  • 00MINUTOS
  • 00SEGUNDOS
FC PORTO x ESTORIL PRAIA
SPORTING CP x SANTA CLARA
PAÇOS FERREIRA x SL BENFICA