Anúncio Publicitário

Cabeçalho Futebol NacionalO CD Tondela venceu esta tarde o CD Aves, em partida a contar para a 14ª jornada da Primeira Liga. Num confronto entre duas equipas a procurar pontos para fugir dos últimos lugares da tabela, a vitória acabou por sorrir à formação visitante, que conseguiu assim ultrapassar aos avenses.

Separados na tabela classificativa por apenas um ponto, CD Aves e CD Tondela entraram em campo dispostos a procurar a vantagem no marcador, numa altura em que todos os pontos são importantes para o afastamento dos lugares de despromoção. A primeira metade teve várias oportunidades de golo, de parte a parte, com os avenses a serem os primeiros a criar perigo, ainda antes do primeiro minuto de jogo. Numa jogada de Arango, Salvador Agra apareceu para o desvio e atirou a bola ao poste. O CD Tondela respondeu aos quatro minutos, num livre perigoso de Miguel Cardoso que Quim defendeu e, três minutos depois, foi a vez de Ansell tentar a sua sorte, num cabeceamento que saiu a rasar o poste.

Do lado do CD Aves, Salvador Agra fez a diferença na frente, pelo lado esquerdo do ataque, beneficiando de um livre perigoso à entrada da área, numa jogada que terminou com uma defesa fácil de Cláudio Ramos. Vítor Gomes ainda testou novamente a atenção do guarda redes da formação visitante, sem sucesso, num remate forte de fora da área, aos 17 minutos. E se de um lado a bola não entrava, do outro não estava melhor. Miguel Cardoso teve duas perdidas incríveis em frente à baliza e, aos 25 minutos, Pedro Nuno rematou para a defesa de Quim. Ainda antes da meia hora o ferro da baliza de Cláudio Ramos voltou a abanar, com um remate de fora da área de Rodrigo. O apito para intervalo não soou sem que o CD Tondela voltasse a criar perigo no ataque, com Miguel Cardoso a atirar muito perto do poste, a passe de Murilo.

Anúncio Publicitário
O CD Aves não consegiu impor a #almadeprimeira e deixou escapar três pontos, em casa, frente a um adversário directo Fonte: Bola na Rede
O CD Aves não consegiu impor a #almadeprimeira e deixou escapar três pontos, em casa, frente a um adversário directo
Fonte: Bola na Rede

E, se a primeira parte ficou marcada por várias perdidas de ambas as equipas, a segunda abriu praticamente com o golo do CD Tondela. A formação às ordens de Pepa beneficiou de um canto no lado esquerdo do ataque, Pedro Nuno converteu e Heliardo surgiu na área para desbloquear o marcador. Estava feito o 0x1, aos 50 minutos. Pedro Nuno teve nos pés a possibilidade de aumentar a vantagem pouco tempo depois, tendo surgido sozinho na cara de Quim, mas permitiu a defesa do guarda redes português. Do lado avense a resposta não se fez esperar e Paulo Machado, depois de um bom trabalho na área adversária, rematou forte mas ao lado. Ainda antes do 70 minutos os avenses voltaram a chegar com perigo à área do CD Tondela, com Derley, que entrou no início do segundo tempo, a cabecear para defesa de Cláudio Ramos. Os minutos finais ficaram marcados por um CD Aves em busca do golo do empate, carregando na frente e criando oportunidades que acabaram ao lado ou nas mãos de Cláudio Ramos.

Depois de três resultados positivos, a equipa de Lito Vidigal voltou a escorregar esta tarde em casa, ao perder pontos e terreno para o CD Tondela, adversário directo na luta pela manutenção. Os avenses tiveram várias oportunidades de golo e ainda enviaram duas bolas aos ferros, mas foram os visitantes os mais eficazes, ao converter em golo um dos muitos lances de perigo que criaram ao longo da partida.

Anúncio Publicitário