Anúncio Publicitário

Dia com alerta vermelho para os lados do Restelo, mas mesmo assim com futebol num domingo à tarde. CF “Os Belenenses e CD Tondela disputaram a 26ª jornada da Primeira Liga. Uma partida que opôs duas equipas com o mesmo número de pontos na tabela classificativa (ambas com 28), com ambições de chegar ao nono lugar do campeonato.

Nesta partida ambos os técnicos portugueses decidiram não alterar muito os onze iniciais, em relação ao último jogo do campeonato. Do lado azul e branco destacaram-se as ausências de Bakic devido a problemas físicos e de Nuno Tomás por castigo. Do lado tondelense Pepa só realizou uma alteração: entrada de Claude Gonçalves para o lugar de Hélder Tavares. Esta foi uma partida que colocou frente a frente equipas que pretendiam manter o bom momento de forma.

A primeira parte não poderia ter sido mais gelada: um jogo triste, sem grandes oportunidades e com exibições um pouco distintas, embora sem grande sucesso. A equipa de Silas foi aquela que mais tentou chegar ao golo mas sempre com falta de eficácia, principalmente por parte do seu avançado Maurides. A equipa do Tondela mostrou-se apática na primeira parte.

Anúncio Publicitário

Ao minuto seis surgiu o primeiro sinal de perigo por parte de Maurides que falhou à boca da baliza. Doze minutos depois voltou a estar em evidência pela negativa, desperdiçando mais uma grande oportunidade. A resposta do Tondela surgiu aos 25 minutos com Miguel Cardoso quase a fazer o golo numa jogada algo confusa. Na jogada seguinte a equipa visitante voltou a criar perigo na área do Belenenses, depois de Tyler Boyd rematar forte para uma defesa incompleta do guardião do Restelo. À passagem da meia-hora de jogo Maurides voltou a desperdiçar duas oportunidades: primeiro a rematar fraco à entrada da área e depois ao lado do poste direito da baliza de Cláudio Ramos.

Fonte: Bola na Rede

A segunda parte foi igualmente fraca e desinspirada, apesar do maior equilíbrio. Oportunidades claras de golo foram escassas, apenas nos últimos 20 minutos de jogo as equipas deram o tudo por tudo. Primeiro o Belenenses, através de um remate forte de André Sousa ainda fora da grande área. O Tondela respondeu ao minuto 77 com um remate de Tomané, após um ressalto, a quem André Moreira negou o golo com uma excelente defesa.

Aos 84 minutos, Tiago Caeiro, que substituiu Maurides, cabeceou ao poste na melhor oportunidade da partida. No minuto seguinte Joca, com o guarda-redes fora da baliza, viu o seu remate ser interceptado em cima da linha de golo pela defesa azul e branca.

O jogo terminou com o nulo no marcador. As equipas dividiram os pontos numa partida pouco emocionante. Um jogo gelado… a condizer com as previsões do IPMA, que deixa tudo igual na tabela classificativa.

Anúncio Publicitário